Campo Grande, 26 de maio de 2024

Agems e Fundtur inovam no compartilhamento de dados para modernizar planejamento e oferta de transporte turístico em MS

Com investimento em inteligência de dados, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agems) e a Fundação de Turismo de MS (Fundtur) se unem para modernizar as informações e aprimorar as condições do transporte de turistas no Estado.

Acordo de Cooperação Técnica assinado hoje (15) vai garantir o compartilhamento de dados de empresas de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros na modalidade turística habilitadas à prestação dos serviços comuns às duas instituições.

O intercâmbio de conhecimento produzido pelo novo CITI – Centro de Integração Técnica e Inteligência da Agência Reguladora e da Plataforma de Inteligência Turística em construção pela Fundtur servirá para desenvolver metodologias e ações individuais e conjuntas na fiscalização e na movimentação dos passageiros desse segmento.

“Investimos em inovação, em tecnologia, e queremos disponibilizar isso para melhorar todo o transporte, incluindo o de turistas dentro do nosso Estado”, explica o diretor-presidente da Agems, Carlos Alberto de Assis. “Essa troca de informações faz com que o Estado possa oferecer melhores condições em todos os setores é assim que a Agência está trabalhando. Quem ganha é o turista, que vai ter a segurança do serviço que está sendo prestado a ele”.

Presidentes da Agems e Fundtur assinam Acordo de Cooperacao.1 Agems e Fundtur inovam no compartilhamento de dados para modernizar planejamento e oferta de transporte turístico em MSTecnologia, planejamento e gestão

Para o presidente da Fundtur, Bruno Wendling, a expectativa dessa terceira parceria com a Agems é contar com informação mais detalhada e qualificada sobre quem circula pelas estradas. “De onde vem o turista, qual a quantidade, qual o fluxo de vans, de ônibus, de carros. Tudo isso é fundamental para o planejamento da Fundação de Turismo. Essa parceria vai trazer ainda mais capacidade da gestão, de tomar boas decisões, e do trade entender o andamento do turista para fazer as intervenções necessárias”.

A cooperação técnica com Fundtur está sendo possível porque a modernização do Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros, coordenada pela Agems, conta com a implantação de um Centro de Integração Técnica e de Inteligência inédito. O CITI engloba o monitoramento dos veículos de linha; o controle de partidas, chegadas e movimentação em tempo real; o conhecimento dos Bilhetes de Passagem Eletrônicos (BP-e) emitidos.

“Dentro do estudo para o plano de transporte que estamos fazendo, nós olhamos também para o turismo, que é uma modalidade muito importante na realidade de Mato Grosso do Sul”, explica o diretor de Transportes da Agems, Matias Gonsales. “Esse compartilhamento vai ser muito importante também para nós captarmos da plataforma da Fundtur alguns dados que vão enriquecer os nossos resultados”.

Publicado por: Gizele Oliveira

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp