Campo Grande, 18 de junho de 2024

Plataforma de inteligência turística de MS, Alumia chegou para dar luz às decisões no setor

Será lançada na próxima quarta-feira (26) a plataforma de inteligência turística ‘Alumia’, desenvolvida pela FundturMS (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul) em parceria com o IPF (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio). Inédita no País, a plataforma com base em big data vai apresentara evolução no tratamento de dados e na geração de informações para a gestão pública e privada e para o público em geral que precise trabalhar com informações para buscar melhorias no desenvolvimento de suas estratégias e negócios.

O evento será realizado às 9h no Centro de Convenções do Bioparque Pantanal, em Campo Grande, com a presença do coordenador de Informação e Inteligência de Dados da Embratur, Fabio Montanheiro Nascimento. Também haverá transmissão on-line através do www.youtube.com/visitmsoficial e, para participar presencialmente ou virtualmente, é só se inscrever no https://alumia.tur.br/vem-ai.

“A Alumia é uma plataforma completa, que já começa pelo nome inspirador e que vai iluminar de fato o caminho daqueles que buscam desenvolver a atividade turística em nosso território e entregar cada vez mais as melhores experiências. Essa ferramenta será uma luz para quem quer investir em Mato Grosso do Sul e precisa de informações que deem segurança para esse investimento e, claro, para a gestão da Fundação de Turismo. Ter um aporte potente como esse vai facilitar muito nosso trabalho na elaboração de novas estratégias e nas tomadas de decisão. Estamos muito felizes de poder deixar esse legado para o melhor destino de ecoturismo do País”, destaca Bruno Wendling, diretor-presidente da FundturMS.

A plataforma permitirá o monitoramento de toda a complexidade da atividade turística sul-mato-grossense, a partir da análise de dados e ações on-line dos usuários, durante todo o processo da viagem a partir de informações de perfil e comportamento do turista, movimentação aérea, hotelaria, gastos e rastros digitais.

Parceria

O Sistema Comércio MS (Fecomércio-IPF-Sesc-Senac) é parceiro da FundturMS no desenvolvimento desta que é a primeira plataforma do tipo no Brasil, que será um marco para o Estado e que vai nortear as decisões, diminuindo as incertezas na elaboração de estratégias.

Com a Alumia, Mato Grosso do Sul terá uma radiografia mais fiel dos gastos do setor de turismo. Além de analisar os dados passados, permitirá que sejam trabalhados cenários futuros, incentivando novos negócios e investimentos. E tudo isso vai ajudar a preparar ainda mais o destino para receber os turistas e atendê-los da melhor forma.

“Para nós, do Sistema Comércio MS, é muito importante e significativo fazer parte de um projeto tão arrojado como este. Temos como missão a defesa dos empresários, do comércio de bens, serviços e turismo, com o propósito de contribuir para o desenvolvimento econômico do Estado e queremos ajudar a transformar toda a cadeia produtiva de Mato Grosso do Sul. Por isso, investimos em parcerias de sucesso como esta firmada pelo IPF e pela FundturMS para incentivar o desenvolvimento da região e garantir a melhoria de vida da população local. Temos certeza que este projeto trará grandes resultados para o Estado, ajudará a movimentar o comércio, impulsionando a nossa economia com geração de emprego e renda e reafirmando Mato Grosso do Sul como uma referência no turismo brasileiro e mundial”, declara Edison Araújo, presidente do Sistema Comércio MS.

Durante o lançamento serão apresentados quais dados poderão ser encontrados na Alumia, quais análises poderão ser feitas, recortes geográficos e em quais canais haverá vídeos explicativos sobre a plataforma. “Tudo isso com bases científicas, dados oficiais, coletas primárias e Big Data. Queremos que todos aproveitem a ferramenta, pois a Alumia chegou para dar luz às decisões no turismo”, finaliza o diretor-presidente da Fundtur/MS.

WhatsApp Image 2023 07 21 at 11.06.31 Plataforma de inteligência turística de MS, Alumia chegou para dar luz às decisões no setor

Débora Bordin – FundturMS, com colaboração da Fecomércio MS

Foto: Bruno Rezende

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp