Campo Grande, 18 de junho de 2024

CGE-MS realiza evento sobre Controle Interno e lança Guia de Orientação

A CGE-MS (Controladoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul) realiza na terça-feira (1º), a partir das 8h, no auditório do prédio da instituição, a 1ª Reunião de Integração do Sistema de Controle Interno e o lançamento do Guia de Orientação da Atuação das Unidades Setoriais e Seccionais de Controle Interno.

O encontro deve reunir representantes das 32 unidades, além dos gestores do órgão Central. Na ocasião, serão tratadas pautas sobre como funcionam os processos de trabalhos realizados pelas diversas áreas da CGE-MS e suas atribuições além do esclarecimento dos três pilares da instituição: Auditoria-Geral, Corregedoria-Geral e Ouvidoria-Geral.

Os participantes também terão a oportunidade de esclarecer sobre compliance e LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) – frentes de atuação nas quais a CGE-MS possui um trabalho reconhecido.

Controle Interno

É fundamental que não só os servidores, mas também a população, tenha compreensão sobre a importância do controle interno. Entre tantas definições pode-se destacar que é um conjunto de instrumentos que possibilita às instituições seguir na direção certa atendendo as metas organizacionais de forma consistente e garantindo, assim, a eficiência operacional, relatórios precisos e conformidade com leis, regulamentos e políticas.

Há tempos a CGE-MS vem aprimorando e fortalecendo as ações no sentido de que cada instituição do Poder Executivo tenha servidores que atuem com essa temática. Dessa forma, secretarias, fundações e autarquias podem trabalhar com mais segurança, realizando suas atividades de forma mais objetiva e eficaz.

Lançamento

O Guia de Orientação é um documento que tem como público-alvo os titulares e coordenadores das Unidades Setoriais e Seccionais e suas respectivas equipes a fim de contribuir para uma atuação uniforme, harmônica, coordenada e colaborativa entre as instituições e também para o aprimoramento das atividades desempenhadas pelos servidores envolvidos.

Karla Tatiane, CGE-MS
Foto: Álvaro Rezende

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp