Campo Grande, 10 de dezembro de 2023

Além das fronteiras: MS Day coloca Estado em evidência no centro financeiro do País

Em uma parceria entre o Governo do Estado e Fiems, Mato Grosso do Sul realiza o MS Day, em São Paulo (SP), mostrando as potencialidades do Estado para empresários no centro financeiro do País. O evento, realizado ao longo de toda esta terça-feira (1º), tem como palco a CNI (Confederação Nacional das Indústrias) com o objetivo de aproximar ainda mais o Estado do empresariado.

O governador Eduardo Riedel, o vice-presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria) e presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sergio Longen, e secretários estaduais receberam investidores de diversos setores, que puderam conhecer mais sobre Mato Grosso do Sul nos estandes divididos em cinco áreas temáticas: Política de Atração de Investimentos, MS Estado Carbono Neutro, Rota Bioceânica, Oportunidades Logísticas e PPPs e Qualificação de Mão de Obra.

“O saldo é muito positivo. Entendo que o MS Day tenha atendido o seu objetivo mostrando para o setor econômico e para o empresariado brasileiro, que está aqui em São Paulo, o potencial e manter o ritmo de crescimento acelerado, inclusivo, geração de empregos e renda para a nossa população, que é o que a gente quer ver, prosperidade. O MS Day coloca o Estado em evidência, mostrando a capacidade de ser competitivo para uma série de setores econômicos”, diz o governador Eduardo Riedel.

Terra de Oportunidades

Mato Grosso do Sul captou R$ 67 bilhões de investimentos nos últimos 8 anos, gerando empregos e movimentação econômica.

O Estado possui posição logística privilegiada para escoamento de produtos, além de estar no centro da Rota Bioceânica, projeto em andamento que mudará a geopolítica da América do Sul e impulsionará a economia do Brasil. As exportações do Estado para os países asiáticos serão encurtadas em 12 dias de navegação, em comparação com a saída pelo Porto de Santos.

Eduardo Riedel destacou investimentos em execução por meio de PPPs (Parcerias Públicos Privadas) em Mato Grosso do Sul, com o Estado caminhando para ser o 1º do País a ter a universalização do saneamento; e a Infovia Digital, que vai levar fibra ótica para todos os prédios públicos.

Ele reafirmou ainda o compromisso de transformar Mato Grosso do Sul em um estado Carbono Neutro até 2030, neutralizando as emissões dos gases causadores do efeito estufa. “É uma terra de oportunidades”, disse.

Vice-presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria) e presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sergio Longen ressalta o alinhamento das ações entre setores público e privado e os benefícios que isso traz para a população.

“A bola da vez é Mato Grosso do Sul. Vivemos com pleno emprego. O Estado está preparado para o desenvolvimento regional”, declara.

Também participam da ação o vice-governador Barbosinha, os secretários Pedro Caravina (Segov), Eduardo Rocha (Casa Civil), Jaime Verruck (Semadesc) e Flávio Cesar (Fazenda), além da secretária especial do EPE (Escritório de Parcerias Estratégicas), Eliane Detoni, e a ministra Simone Tebet (Planejamento).

Paulo Fernandes, Comunicação Governo de MS
Fotos: Saul Schramm 

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp