Campo Grande, 22 de junho de 2024

Gestão inclusiva: Governo repassa R$ 7,2 milhões para entidades assistenciais de saúde

Com uma gestão inclusiva, que não deixa ninguém para trás, o governador Eduardo Riedel assinou nesta sexta-feira (4) o repasse de R$ 7,2 milhões para entidades assistenciais de saúde da Capital. Este recurso vai contribuir para que estas instituições possam continuar prestando serviços de saúde pública à população do Mato Grosso do Sul.

Repasse de recursos estaduais a entidades assistenciais de saude de Campo Grande por meio de convenios Foto Bruno Rezende 03 Gestão inclusiva: Governo repassa R$ 7,2 milhões para entidades assistenciais de saúde
Governador durante discurso sobre saúde

A solenidade ocorreu no auditório da Governadoria. “A atuação destas entidades é fundamental. Elas chegam a onde o Estado não pode alcançar, fazendo um belíssimo trabalho, que complementam as ações demandadas pela sociedade. Então vamos contribuir com recursos para que elas possam cumprir este papel”, afirmou o governador.

Riedel destaca que os investimentos em saúde pública fazem a diferença na vida das pessoas. “O Estado tem este compromisso com as políticas públicas, contribuindo onde muitas vezes a própria mão do poder público tem dificuldade de chegar. Iremos nos esforçar e trabalhar para não deixar ninguém para trás”, completou.

Repasse de recursos estaduais a entidades assistenciais de saude de Campo Grande por meio de convenios Foto Bruno Rezende 07 Gestão inclusiva: Governo repassa R$ 7,2 milhões para entidades assistenciais de saúde
Secretário Maurício Simões durante evento

O secretário de Saúde, Maurício Simões, destacou que o mais importante neste evento é reconhecer o trabalho desenvolvido por estas instituições. “Temos que elogiar o trabalho desempenhado por elas, que mostra a sociedade organizada trabalhando em prol da saúde pública. É importante esta ajuda do Estado no dia a dia destas instituições”.

A iniciativa de ajuda às entidades partiu do deputado federal Beto Pereira, que contribuiu com emenda federal. “Estas entidades querem cada vez atender mais. Nada seria possível sem a boa vontade do governador. Quando nós destinamos ao Estado (emendas), ele tem legitimidade para chamar as entidades e pedir que apresentem plano de trabalho, para receber estes recursos”, ponderou.

Contemplados

Repasse de recursos estaduais a entidades assistenciais de saude de Campo Grande por meio de convenios Foto Bruno Rezende 08 Gestão inclusiva: Governo repassa R$ 7,2 milhões para entidades assistenciais de saúde
Daniel Miranda, presidente da Maternidade Cândido Mariano

Cinco entidades foram contempladas com os recursos estaduais: Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Associação de Amparo à Maternidade e à Infância (Cândido Mariano), Associação de Auxílio e Recuperação dos Hansenianos São Julião e Associação Juliano Varela.

“Gostaria de parabenizar o governador e o secretário Maurício Simões por todo trabalho que eles têm realizado na saúde pública. Nós sentimos agilidade nos processos que demandamos para a Secretaria de Saúde. E vamos agradecer por esta ajuda de hoje e dizer que sempre estamos à disposição da nossa comunidade”, afirmou Daniel Miranda, presidente da Maternidade Cândido Mariano.

Para a Apae o repasse será de R$ 1 milhão, que visa o pagamento de pessoal especializado da Saúde, que prestam atendimento no Centro Especializado de Reabilitação da entidade. Foi firmado um convênio mostrando a parceria e compromisso do Governo do Estado.

Já a Associação de Amparo à Maternidade e à Infância recebe R$ 1,5 milhão, que serão utilizados para otimizar o atendimento dos serviços da Maternidade Cândido Mariano, que presta todo o cuidado ao “materno infantil” em Campo Grande.

Repasse de recursos estaduais a entidades assistenciais de saude de Campo Grande por meio de convenios Foto Bruno Rezende 05 Gestão inclusiva: Governo repassa R$ 7,2 milhões para entidades assistenciais de saúde
Evento aconteceu no auditório da Governadoria

Com mais R$ 1 milhão, o Estado vai contribuir com a Associação Juliano Varela, que presta um serviço de excelência às pessoas de síndrome de down e autistas na Capital. O repasse vai ajudar no pagamento de pessoas físicas e jurídicas que atuam na instituição.

Para a Associação de Auxílio e Recuperação dos Hansenianos, no Hospital São Julião, foram firmados dois convênios. O primeiro no valor de R$ 3,2 milhões para aquisição de material de consumo e pagamento de serviços de pessoal. E o segundo de R$ 500 mil que irá ajudar na estruturação e modernização das redes de TI (Tecnologia de Informação), que visa dar mais segurança aos prontuários digitais dos pacientes do SUS.

Além do governador, participaram da solenidade os deputados federais Beto Pereira e Geraldo Rezende, os (deputados) estaduais Paulo Corrêa, Mara Caseiro e João Cesar Mattogrosso. Assim como os secretários Maurício Simões (Saúde), Pedro Caravina (Segov) e Eduardo Rocha (Casa Civil).

Leonardo Rocha, Comunicação do Governo de MS
Fotos: Bruno Rezende

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp