Campo Grande, 4 de março de 2024

Com ampliação, hospital de Ribas do Rio Pardo melhora e aumenta atendimento ao público

O Hospital Municipal Dr. José Maria Marques Domingues, de Ribas do Rio Pardo, teve sua área construída ampliada em 1.075 metros quadrados e praticamente dobrou de tamanho, possibilitando melhoria e aumento no atendimento à população. As obras de ampliação foram custeadas pela Suzano e, em parte, com recursos do próprio município. O complexo hospitalar ganhou 10 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 20 leitos de enfermaria, além de ampliação no Pronto Socorro.

A cerimônia de inauguração do novo Hospital aconteceu na manhã dessa quinta-feira (23) com a presença do secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), Jaime Verruck, e do diretor presidente do Imasul (Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), André Borges. A Suzano investiu R$ 12 milhões na obra e também na compra de mobiliário e equipamentos, como monitores multi-paramétricos, ventiladores pulmonares, desfibriladores, mobiliário, dentre outros.

“É o retorno à sociedade daquilo que representa o crescimento econômico. Esse é o papel do Governo ao atrair investimentos ao Estado. O governador Eduardo Riedel permanentemente acompanha e olha o crescimento de Ribas do Rio Pardo, e ao lado da Prefeitura, da Câmara de Vereadores, da Suzano, estamos participando desse momento especial do desenvolvimento do município”, enfatizou Jaime Verruck.

Hospital Ribas Com ampliação, hospital de Ribas do Rio Pardo melhora e aumenta atendimento ao público
O complexo hospitalar ganhou 10 novos leitos de UTI e 20 leitos de enfermaria, além de ampliação no Pronto Socorro

O diretor presidente do Imasul explicou que o órgão, ao analisar o processo de licenciamento de uma obra da magnitude da fábrica da Suzano, não se atém aos impactos diretos ao meio ambiente, mas à sociedade como um todo. “Para que a gente possa construir junto com o empreendedor, ouvindo a comunidade, alternativas para minimizar ou melhorar aqueles impactos.” A ampliação do hospital foi uma das ações apontadas pelo Imasul como necessárias para liberar as licenças ambientais.

Na área ampliada foram estruturadas salas para preparação de medição, farmácia e banheiros. Isso vai permitir que o município passe a disponibilizar atendimentos de média complexidade à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), diminuindo a necessidade de transportar pacientes para unidades de outros municípios em ambulâncias.

O prefeito de Ribas do Rio Pardo, João Alfredo, comemora a entrega da obra ressaltando a importância e relevância do investimento feito pela Suzano ao município. “O número de médicos já saltou de 14 para 48. Os atendimentos de farmácia saltaram de 12.940 para 121.738 do ano passado para cá. A quantidade de remédios entregues à população aumentou de 334.525 unidades, para 3.116.626. Estes dados representam aumento de serviços acima de 930%, o que demonstra que a reforma do hospital é de suma importância para a população.”

A viúva do médico José Maria Marques Domingues, Edna Bergo, participou do descerramento da placa comemorativa à obra.

Plano Básico Ambiental (PBA)

A ampliação do hospital integra o Programa Básico Ambiental (PBA) da Suzano, que prevê investimento social de R$ 48 milhões nas áreas de saúde, educação, habitação, segurança pública e segurança no trânsito do município. No total, a cidade será beneficiada por mais de 20 ações que foram aprovadas pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável, instituído pelo Decreto 102, de 19 de julho de 2021. O conselho tem como principal objetivo definir os projetos a serem executados para proporcionar a melhoria da qualidade de vida da população local e da região, diretamente impactada pela construção da nova fábrica de celulose da Suzano.

Entre as outras ações previstas estão o apoio a projeto habitacional, com construção de casas populares para famílias sem renda inscritas no cadastro único do município; a adequação do trevo de acesso à cidade na BR-262, localizado em frente ao posto Bonanza; a implantação de uma nova delegacia da Polícia Civil; uma nova base para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-262; além de apoio na melhoria da estrutura física da Polícia Militar para comportar o aumento do efetivo, o que possibilitará a transformação do batalhão em companhia.

Foto e informações: Mairinco de Pauda

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp