Campo Grande, 26 de maio de 2024

MS Em Ação: Segurança e Cidadania atende mais de 4 mil pessoas em Amambai

Mais de 4 mil indígenas da etnia Guarani-Kaiowá foram atendidos no primeiro dia do “MS Em Ação: Segurança e Cidadania”, que o Governo do Estado realiza em Amambai, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), com o apoio da Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte Cultura e Cidadania).

A ação transversal e inclusiva oferece serviços como emissão da 1ª e 2ª vias de certidões de nascimento, carteira de identidade, título de eleitor, do CPF e da carteira de trabalho, atendimentos médicos e odontológicos, orientações sobre higiene bucal – com distribuição de kits com creme e escova dentais, oficinas, palestras, entre outros.

Levy, 10 anos, aproveitou a ação para aprender mais sobre a correta escovação dos dentes. “É muito legal, porque agora eu sei como cuidar dos meus dentes”.

Também são realizados casamentos, divórcios e acordos judiciais, no ônibus da Justiça Itinerante do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, e ainda vacinação de cães contra a raiva e imunizações contra paralisia infantil, difteria, tétano, entre outras e ainda, medição de glicemia, aferição de pressão arterial, consultas médicas e odontológicas, com os médicos e dentistas da Policlínica da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar

Duadino Martines, diretor da Escola Estadual Mbo’eroy Guarani-Kaiowá da aldeia Amambai, onde acontece o evento, afirma que a ação é de extrema importância porque é uma oportuniza aos povos originários recreação, lazer e cidadania. “É difícil para a comunidade se deslocar para a cidade onde estão esses serviços, vir até nós é muito importante e vi aqui muitas pessoas agradecer essa iniciativa”.

Abertura

Durante abertura da segunda edição do MS Em Ação: Segurança e Cidadania, na manhã desta sexta-feira, na Aldeia Amambai, houve apresentação de dança indígena, com o grupo Pa’i Kuara Rendy (Raio do Sol), rezas e execução em guarani do hino de Mato Grosso do Sul e de Amambai, pelo coral Mitã Rory (Criança Feliz), da Missão Kauá da Aldeia Amambai.

Estiveram presentes na abertura do evento o secretário-executivo de Segurança Pública da Sejusp, coronel Wagner Ferreira da Silva, o desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Alexandre Bastos, a subsecretária da Setescc, Viviane Luiza, a presidente da Câmara de Vereadores de Amambai, Lígia Borges, entre outros.

“É uma ação muito importante, na qual realizamos um mutirão para atender essa comunidade, trazendo realmente cidadania, acesso aos serviços públicos e, de forma indireta, trazer também trazer uma tranquilidade no ambiente de convivência das aldeias, aproximando a comunidade tanto da segurança pública como da cidadania”, destacou o secretário-executivo de Segurança Pública da Sejusp, coronel Wagner.

A ação segue até às 16h deste sábado (26), no Pólo Indígena Indígena Mbo’eroy Guarani-Kaiowá, na Aldeia Amambai, com serviços e atividades lúdicas para as crianças, como teatro, pinturas indígenas, brinquedos infláveis que montados no local pela Fundesporte, exposição de animais taxidermizados e de equipamentos do Bope, Bpchoque, DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e do Corpo de Bombeiros. “É um evento completo, que leva em consideração a cultura e as particularidades dos povos originários”, pontua Viviane Luiza, secretária adjunta da Setescc.

Parceiros

São parceiro do 2° MS Em Ação: Segurança e Integração a SES (Secretaria Estadual de Saúde), a Prefeitura de Amambai, a Funai (Fundação Nacional do Índio), o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a Defensoria Pública, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (ANOREG-BR), a Associação Brasileira de Odontologia de MS (ABO/MS), Faculdade Refferencial de Odontologia (Fareff), Receita Federal, INSS, Senai, Senac, a  Fundesporte, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto de Identificação de Mato Grosso do Sul, Bope, BPChoque, Rede Atacadista Mega, Câmara de Vereadores de Amambai, Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária, Secretarias Municipal de Saúde e de Educação de Amambai, Secretaria Municipal de Assuntos Indígenas, Promuse, Proerd, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Funtrab, Bope, BPChoque, Coordenadoria-Geral de Policiamento Aéreo da Sejusp.

Joelma Belchior, Sejusp

Fotos: Álvaro Rezende

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp