Campo Grande, 26 de maio de 2024

Daniela Teixeira é a indicação ao STJ

Elas destacam que a advogada indicada pelo presidente Lula terá um papel importante a cumprir na defesa dos direitos das mulheres

247 – A primeira-dama, Rosângela da Silva, a Janja, e a celebridade Xuxa Meneghel elogiaram a indicação, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da advogada Daniela Teixeira, do Grupo Prerrogativas, a uma vaga no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Teixeira era a única mulher na lista para as 3 vagas do tribunal.

“Muito contente com a indicação da advogada Daniela Teixeira para o STJ. Como tenho dito com frequência, é extremamente importante que mulheres ocupem cada vez mais espaços de decisão e poder. Parabéns, Daniela!”, escreveu Janja na rede social X, ex-Twitter.

Xuxa, segundo informou a coluna de Natuza Nery, no portal G1, fez uma ligação para parabenizar Teixeira, que por sua vez expressou seu interesse em discutir pautas relevantes para as mulheres. Teixeira mencionou que planeja focar seus esforços no combate à violência contra a mulher e ao trabalho infantil. Ela também convidou Xuxa para contribuir com sugestões sobre essas questões.

Nativa de Brasília, com 51 anos e 27 anos de advocacia combativa, Daniela Teixeira é uma veterana no campo jurídico. Mestre em Direito Penal e pós-graduada em Direito Econômico, ela tem um histórico de luta pelos direitos das mulheres. Teixeira já foi eleita duas vezes como conselheira federal da OAB e participou da elaboração de anteprojetos de leis importantes. Em 2019, foi indicada por unanimidade pelo STF para compor o TSE na categoria de jurista.

A indicação ocorre em um momento em que o presidente Lula é pressionado por setores da esquerda a indicar uma mulher para a vaga da ministra Rosa Weber no Supremo Tribunal Federal (STF), em outubro, enquanto os nomes do advogado-geral da União, Jorge Messias, e do presidente do TCU, Bruno Dantas, são apontados como favoritos.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp