Campo Grande, 9 de dezembro de 2023

Mais de 4 mil pessoas devem desfilar em comemoração ao 7 de setembro

O desfile cívico-militar em comemoração ao Dia da Independência de 7 de setembro, em Campo Grande, contará com mais de 4 mil participantes, entre alunos da rede pública de ensino estadual e municipal, além das forças de Segurança Pública, militares das Forças Armadas e integrantes de entidades assistenciais e de projetos sociais de Mato Grosso do Sul.

O desfile tem início na quinta-feira (7), às 8h10, com revista à tropa militar, na Rua 14 de Julho (após a Avenida Mato Grosso), pelo governador Eduardo Riedel, acompanhado do chefe do Comando Militar do Oeste, general de Exército Luiz Fernando Estorilho Baganha. Em seguida, as autoridades se dirigem para o palanque oficial, localizado na Rua 13 de Maio (esquina com Avenida Afonso Pena), onde acontecerá o desfile. Estudantes da rede pública de ensino acenderão a pira da cerimônia.

Entre as atrações, haverá um desfile aéreo com aeronaves do Exército e da Força Aérea Brasileira que irão sobrevoar a Rua 13 de Maio. Os estudantes, adolescentes e crianças de projetos sociais do Governo do Estado serão os primeiros a desfilar, encerrando com a passagem de veículos e viaturas das forças de Segurança Pública e das Forças Armadas.

Este ano, estima-se que aproximadamente 15 mil pessoas acompanhem o desfile na Capital. Os organizadores pedem para que a população chegue com antecedência para garantir um bom lugar.

As crianças e idosos devem ter um cuidado especial, como o uso de bonés, chapéus, sombrinhas e ingestão de líquidos para assegurar uma boa hidratação.

Trânsito

A Avenida Afonso Pena será interditada em ambos sentidos a partir das 20h de quarta-feira (6), entre a Rua Rui Barbosa e a Avenida Calógeras. As ruas 13 de Maio (entre as ruas Dom Aquino e 15 de Novembro) e 14 de Julho também serão bloqueadas a partir deste horário.

Na quinta-feira (7), a partir das 5h, a Rua 13 de Maio onde ocorre o desfile, será totalmente interditada, entre as avenidas Mato Grosso e Fernando Corrêa da Costa, assim como a Rua 14 de Julho, entre a Avenida Fernando Corrêa da Costa e a Eça de Queirós. A previsão é de que as vias sejam liberadas, após o desfile de 7 de setembro, a partir das 13h.

Alexandre Gonzaga, Comunicação do Governo de MS
Foto: Chico Ribeiro (Arquivo Secom)

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp