Campo Grande, 22 de junho de 2024

Catamarã inflável afunda após ser atacado por tubarões-charuto na Austrália

Por Extra — Camberra, Austrália

Uma tripulação, composta por três homens, tinha um objetivo: viajar o mundo em um barco inflável. Na quarta-feira, porém o sonho foi interrompido. Quando estavam a caminho da cidade de Cairns, no nordeste da Austrália, os homens tiveram que ser resgatados após o catamarã em que estavam afundar. O motivo tinha dentes afiados, corpo pequeno e uma mordida perfeitamente redonda — os chamados tubarões-charuto ou cortador de biscoito.

Segundo as autoridades australianas citadas pela CNN News, os homens (dois russos e um francês) estavam seguindo de Vanuatu, um arquipélago no oceano Pacífico, até o nordeste australiano, quando foram resgatados do mar.

À afiliada do jornal americano Nine News, Evgeny Kovalevskiy, um dos tripulantes, explicou que ele e os outros dois homens estavam tentando se tornar a primeira tripulação a rodar o mundo em um barco inflável e que se programavam para chegar a Brisbane, na Austrália, na quinta-feira para traçar os próximos planos da jornada.

Contudo, na segunda-feira os planos começaram a afundar. O balão traseiro esquerdo do barco inflável foi atacado pelos pequenos tubarões, que o danificaram e o deixaram “completamente submerso”, escreveu a tripulação em uma postagem feita no Instagram citada pela CNN News.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp