Campo Grande, 26 de maio de 2024

Inscrições estão abertas para Seminário da Agems sobre transporte de passageiros em MS

Evento acontece no dia 27, em Campo Grande, e integra a série O Papel da Regulação no Desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. O foco são os avanços e perspectivas para o novo transporte rodoviário intermunicipal

 No dia 27 de setembro, a Agems (Agência Estadual de Regulação) realiza o seminário “O presente, passado e o futuro do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros em Mato Grosso do Sul”. Uma história de mais de 50 anos, desde a realidade das primeiras linhas concedidas, passando pelos desafios da criação do Estado, a entrada em cena da agência reguladora, os avanços recentes e a modernização que está em andamento.

As inscrições estão abertas e são gratuitas. Clique aqui para acessar o link e garantir sua participação.

Representantes de operadores de transporte, de prefeituras, de entidades da sociedade civil, do Ministério Público, dos demais poderes e interessados estão convidados.

O evento acontece a partir das 7h30, no auditório do Bioparque Pantanal, e integra o ciclo de seminários O Papel da Regulação no Desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

Marco legal e modernização

Com um novo Marco Legal, a Lei 5.976, e o plano diretor que está sendo construído, o sistema de transporte no Estado entra em um novo momento, com a modernização aguardada há décadas: modelo de delegação, estrutura de linhas, tarifas, uso da inteligência de dados e muito mais informação aos passageiros, em painéis e aplicativo.

“Precisamos olhar para o passado, contar essa história, entender o quanto já caminhamos e onde vamos chegar”, afirma o Diretor de Transportes, Rodovias, Ferrovias, Portos e Aeroportos, Matias Gonsales Soares, responsável pela organização.

O diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis, aponta que o transporte de passageiros ganhou uma dimensão ainda maior com o novo momento que vive o Estado, de crescimento, de atração de investimentos e de oportunidades de crescimento para os municípios em todas as regiões. “O serviço precisa atender a essa nova realidade, com a qualidade, com o conforto, com a tarifa mais adequada. Vamos mostrar como isso tudo está sendo construído. É importante a participação da sociedade nessa discussão”.

Gisele Oliveira, Agems
Foto: Divulgação/Agems

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp