Campo Grande, 26 de maio de 2024

Parceria garante polo para curso de português para migrantes internacionais

A partir desta quarta-feira (13) parceria entre a Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos) e a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) irá possibilitar o que o Programa UEMS Acolhe oferte o ‘Curso de Português para Migrantes Internacionais’ na sede da Caorc (Coordenadoria de Apoio aos Orgão Colegiados), no bairro Amambai, na Capital.

O público-alvo do curso são migrantes internacionais, refugiados e apátridas e as aulas começam às 19 h. Para o secretário-executivo de Direitos Humanos da Sead, Ben-Hur Ferreira, a parceira fortalece o atendimento para o público-alvo. “Uma das maiores dificuldades que eles têm para exercerem seus direitos é a língua. Nesse sentido, essa parceria possibilita um maior acesso a todos os direitos que temos no Brasil. Essa, sem dúvida, é uma ação importante e estratégica”, explica.

Conforme informações do UEMS Acolhe, o período de realização do curso será de setembro a novembro de 2023 (duração de 10 semanas), com carga-horária de 60 horas, na modalidade presencial. Além do polo na Caorc, outros cinco polos são disponibilizados pelo programa em Campo Grande e Nova Andradina.

O “Curso de Português para Migrantes Internacionais” recebe participantes de várias nacionalidades e um dos diferenciais é que as aulas são divididas em temas, dessa forma os alunos aprendem o português dentro de situações cotidianas, como: fazer compras, procurar emprego e também atendimento médico.

Leomar Alves Rosa, Comunicação Sead
Foto: Monique Alves

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp