Campo Grande, 24 de abril de 2024

Hospital Regional da Costa Leste conquista acreditação Nível I pela ONA

O Hospital Regional da Costa Leste Magid Thomé, em Três Lagoas, conquista a Acreditação Nível I concedida pela ONA (Organização Nacional de Acreditação) após rigorosa avaliação.

O reconhecimento do Hospital Regional da Costa Leste Magid Thomé foi concedido no início do mês de setembro após avançar em inovação, tecnologia, qualidade e humanização na assistência hospitalar. No Estado, o Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, localizado no município de Ponta Porã, também possui a certificação.

Para o superintendente de Governança Hospitalar da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Ricardo da Silva Gouvea, a conquista da certificação o Hospital Regional da Costa Leste Magid Thomé da ONA I – Acreditação, representa um avanço para a Saúde Pública, principalmente, para a população residente em toda a Costa Leste do Estado.

“Este é o resultado do esforço e dedicação de todos, sem exceção. Demonstra que estamos no caminho certo para oferecer à população, cada vez mais, um serviço de qualidade e seguro aos nossos pacientes. Com esta certificação, já são dois hospitais regionais de gestão estadual com certificação ONA. Agora é comemorar e, mais uma vez, ‘arregaçar as mangas’ na busca da conquista do ONA II – Acreditação Plena”.

A acreditação é um método de avaliação e certificação que busca, por meio de padrões e requisitos previamente definidos, promover a qualidade e a segurança da assistência no setor de saúde.

Para ser acreditada, a organização precisa comprovadamente atender aos padrões definidos pela ONA, reconhecidos internacionalmente. O primeiro nível da acreditação avalia todas as áreas da instituição, incluindo aspectos estruturais e assistenciais e é preciso cumprir ou superar em 70% os padrões de qualidade para conquistar a certificação.

Para diretor presidente do Instituto Acqua, Samir Siviero, a conquista é fruto da dedicação diária dos profissionais.

“Parabenizo cada profissional, deste time que integra 700 colaboradores, pelo empenho, dedicação, trabalho e resiliência. Sabemos que adequar fluxos e estabelecer novos critérios exigem muito estudo e prática. Cada um, em cada departamento, entregou muita energia ao longo destes meses. A Acreditação vem para reforçar ainda mais o compromisso que temos com a população”, pontua o gestor.

Após ser avaliado e acreditado, o hospital – administrado pelo Instituto Acqua e referência para mais de 10 municípios – caminha para manter a qualidade e aperfeiçoar o que já está implantado.

“Estamos em uma constante. Em menos de 18 meses conseguimos implantar centenas de processos administrativos, assistenciais e protocolos que tornaram possível a conquista deste selo. É uma unidade que nasceu há um ano, e agora temos um grande caminho para alavancar tudo que fizemos, e fortalecer os princípios que seguimos. É uma honra fazer parte de tudo isso”, destaca o diretor geral da unidade, Henrique Schultz.

 

A certificação é válida por dois anos e o hospital será constantemente avaliado, para então avançar ao segundo nível. “É uma avaliação constante, evoluindo nos protocolos de atendimento e administrativos. Enquanto instituição de saúde, vamos seguir aperfeiçoando caminhos”, ressalta o diretor financeiro, Andrei Bastos.

Diretora de enfermagem e responsável pela equipe assistencial, Ariane Muniz, comemorou fato de que as implantações resultaram em uma conquista deste nível. “Passamos por muitas reconstruções dentro destes meses, e acredito que constantemente conseguiremos manter a qualidade e melhorar os nossos processos. Feliz por mais essa conquista da nossa unidade”, enfatiza.

A certificação de uma organização de saúde por meio da acreditação é um reconhecimento de que a instituição atende aos rigorosos padrões que a metodologia exige. Em mais de 20 anos de atuação, a ONA já certificou várias organizações de saúde.

Comunicação SES
Foto de destaque: Chico Ribeiro/Arquivo

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp