Campo Grande, 12 de abril de 2024

Começa nesta segunda o encontro regional de práticas integrativas e complementares em saúde

Começa nesta segunda-feira (25) o 2º ECOPICS (Encontro Centro-Oeste de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde) e o 2º Fórum Centro-Oeste de Coordenadores Estaduais em PICS, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. O evento é uma realização da SES (Secretaria de Estado de Saúde) e a programação, que segue até sexta-feira (29), conta com palestras, apresentação de trabalhos, oferta de cuidados e cursos e oficinas, que acontecem nos dias 28 e 29 de setembro, na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco).

O ECOPICS proporcionará debates relevantes sobre estratégias e implementação das PICS nos municípios, além de sensibilizar profissionais de saúde e gestores na prevenção e na promoção da saúde individual e coletiva, de forma integral e humanizada. O encontro auxiliará no acesso a espaços para desenvolvimento de ações de prevenção de doenças, de promoção e recuperação da saúde, voltados a ambientes saudáveis para que a população viva mais, com melhor qualidade de vida e, assim, fortalecer a Rede de Atenção à Saúde.

A realização do ECOPICS e Fórum Centro-Oeste de Coordenadores Estaduais em PICS (Práticas Integrativas e Complementares em Saúde) é uma oportunidade para levantar questões que percorrem os temas da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS (Sistema Único de Saúde), equipando os profissionais de saúde e outros parceiros que atuam nas diversas temáticas para a articulação intra e intersetorial das ações de promoção e prevenção à saúde nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal para um novo modelo de atenção à saúde.

Já o 2º Fórum Centro-Oeste de Coordenadores Estaduais em PICS, que também será realizado nesta segunda-feira (25), é restrito a representantes de conselhos de classe, da OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde), de associações e universidades, do Ministério da Saúde e Cosems (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde), Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), do Conselho Estadual de Saúde e Conselho Municipal de Saúde, além de gestores, referências estaduais de PICS.

 Práticas Integrativas

As PICS são recursos terapêuticos que buscam a prevenção de doenças e a recuperação da saúde, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade. Todas as práticas estão inseridas no SUS e reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

As práticas estão inseridas no SUS e reconhecidas pelo Ministério da Saúde como opção para tratamento e prevenção de diversas doenças. Entre as PICS estão a Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura, Medicina Antroposófica, Homeopatia, Plantas Medicinais e Fitoterapia, Termalismo Social/Crenoterapia, Arteterapia, Ayurveda, Biodança, Dança Circular, Meditação, Musicoterapia, Naturopatia, Osteopatia, Quiropraxia, Reflexoterapia, Reiki, Shantala, Terapia Comunitária Integrativa, Yoga, Apiterapia, Aromaterapia, Bioenergética, Constelação familiar, Cromoterapia, Geoterapia, Hipnoterapia, Imposição de mãos, Ozonioterapia e Terapia de Florais.

 Kamilla Ratier, Comunicação da SES
Foto: Álvaro Rezende/Arquivo

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp