Campo Grande, 26 de maio de 2024

Compromisso: ações para garantir abastecimento de água em aldeias avançam

Como objetivo de garantir o acesso de água potável às aldeias do município de Dourados, o grupo de trabalho do Governo do Estado – coordenado pelo vice-governador José Carlos Barbosa (Barbosinha) – apresentou na tarde desta quinta-feira (21) a proposta final da gestão Estadual para os demais envolvidos. Agora a decisão final cabe a SESAI, órgão do Ministério da Saúde responsável pela atenção primária à saúde e pelo saneamento para os povos indígenas aldeados no Brasil.

A Reserva Indígena de Dourados tem cerca de 25 mil habitantes que vem sofrendo há anos com a falta de abastecimento constante de água potável. Durante a reunião, Barbosinha destacou que o projeto apresentado pelo GT é um esforço do Governo para auxiliar a União.

“A proposta vem de encontro com as metas estabelecidas pelo governador Eduardo Riedel, de reduzir os níveis de instabilidade social, principalmente entre os povos indígenas do Estado. Esse problema é antigo, por isso precisamos de unidade para resolver a questão. O Governo do Estado solicitou a Sanesul – empresa que possui expertise sobre o assunto – um estudo para garantir o abastecimento de água para as cerca de 6 mil famílias que residem nas aldeias indígenas Jaguapiru e Bororó pelos próximos 10 anos. Então, todos os esforços para resolver foram feitos. Agora cabe à União a decisão final”.

O deputado Federal Geraldo Resende destacou que a bancada federal de deputados e senadores já se comprometeu em auxiliar o andamento do projeto, na busca de recursos junto ao Governo Federal.

“Já conversei com o Ministro das Relações Institucionais Alexandre Padilha, que conhece a situação de Dourados de perto. Todos nós da bancada temos um compromisso com a população sul-mato-grossense e vamos ajudar. O que precisamos é resolver esse gargalo de uma vez por todas e tornar esse projeto referência para todas as aldeias do Brasil”.

Sesai Barbosinha2 Compromisso: ações para garantir abastecimento de água em aldeias avançam

Os técnicos de Brasília da Coordenação de Análise e elaboração de Projetos de Infraestrutura e Saneamento (COAEP) da SESAI puderam tirar todas as dúvidas sobre a execução da proposta durante a reunião com a Diretoria da Sanesul. O Subsecretário de Políticas Públicas para Povos Originários, Fernando Souza, que é nascido e reside na aldeia em Dourados reforçou a importância imediata do abastecimento de água como parte das garantias constitucionais à vida dos indígenas.

Ao fim, o Cordenador do COAEP (Brasília), Matheus Fabricio Dias Pereira de Faria, e o Coordenador Distrital do DSEI/SESAI, Arildo Alves Alcantara, pediram uma semana de prazo para apresentarem o projeto ao Governo Federal, antes da resposta final.

Participaram ainda a Secretária Adjunta da Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania,Viviane Luiza; Diretor Presidente da Sanesul, Renato Marcílio da Silva; Coordenador Distrital do DSEI/SESAI: Arildo Alves Alcantara; o Chefedo Sesani, Joao Batista Coelho; Cordenador do COAEP (Brasilia ), Matheus Fabricio Dias Pereira de Faria; Engenheiro Civil do COAEP, Wanderson de Sousa Sena; Engenheira Civil DSEI/MS, Karoline Bonzi; Engenheiro Civil DSEI/MS, Rafael Ceccim; e Geologo DSEI/MS, Cladomir Miguel Ceccatto Junior.

Diana Gaúna, Comunicação da Vice-Governadoria

Fotos: João Garrigó

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp