Campo Grande, 26 de maio de 2024

Governo acompanha ações de combate a incêndios florestais em Bonito e região

Com as altas temperaturas e condições climáticas extremas, Mato Grosso do Sul está em alerta para a incidência de incêndios florestais. Neste sábado (23), o secretário Jaime Verruck, da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), acompanha os esforços para controlar e combater incêndios florestais que têm assolado diversas regiões do Estado.

Juntamente com o diretor-presidente do Imasul, André Borges, o assessor bombeiro militar da Semadesc, tenente coronel Leonardo Rodrigues Congro, Verruck acompanha os desdobramentos das operações de combate ao fogo, que recentemente devastaram uma vasta área de banhado em Bonito e agora colocam em risco os municípios de Porto Murtinho e Coxim.

Os incêndios florestais são uma preocupação crescente em todo o Brasil, especialmente durante os meses mais quentes do ano, pois devido as altas temperaturas e a falta de chuvas têm criado condições propícias para o rápido alastramento do fogo, colocando em risco não apenas a biodiversidade local, mas também a segurança de comunidades inteiras.

Em Bonito, uma equipe de bombeiros, brigadistas e voluntários trabalhou incansavelmente para conter o incêndio que se espalhou por uma vasta área de banhado. Graças aos esforços conjuntos, o fogo foi controlado e não houve vítimas humanas. No entanto, a devastação ambiental é significativa, e a recuperação das áreas afetadas será um desafio de longo prazo.

Agora, o secretário Jaime Verruck e as equipes de combate a incêndios estão concentrando seus esforços em Porto Murtinho e Coxim, onde focos de incêndio ameaçam comunidades locais e ecossistemas importantes. A rapidez e eficácia das operações de combate ao fogo são cruciais para minimizar os danos.

O titular da Semadesc destacou a importância da cooperação entre diferentes agências governamentais, voluntários e a população em geral no combate aos incêndios florestais. Ele enfatizou que a prevenção é fundamental e pediu a colaboração de todos os cidadãos para evitar atos que possam causar incêndios, como o descarte inadequado de cigarros e queimadas não autorizadas.

“O governo estadual está trabalhando na implementação de medidas de prevenção de incêndios a longo prazo, incluindo a criação de áreas de escape, treinamento de equipes de combate a incêndios e aquisição de equipamentos especializados”, finalizou.

Marcelo Armôa, Comunicação Semadesc

Foto: Mairinco de Pauda

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp