Campo Grande, 24 de abril de 2024

Projeto apoiado pela Fundect lança podcast de divulgação científica

Sob formato ‘Videocast’, programa estreia no dia 4 de outubro dando espaço e luz à cientistas de MS de forma leve e divertida

E se houvesse um jeito de divulgar ciência de uma forma divertida, nada quadrada e que tivesse o poder de chamar muito a atenção da galera que vive no digital e nas redes sociais? Foi pensando exatamente nisso que o projeto MS +Ciência criou o videocast Papo de Ciência, que estreia no dia 04 de outubro, gratuitamente em todas as plataformas digitais. A cada episódio são convidados cientistas e criadores de projetos científicos de todo o Estado e de várias instituições de MS. A apresentação é de Bruno Moser e Lucas Verão.

Segundo o coordenador do projeto MS +Ciência, André Mazini, o Papo de Ciência já existia enquanto coluna na TV Educativa e agora recebe um novo formato e uma nova temporada. “Conforme a gente foi entendendo e assimilando melhor esse formato de videocast, conseguimos criar uma temporada piloto que já ficou surpreendente. A gente quer mostrar a fundo a ciência que é produzida aqui em Mato Grosso do Sul e jogar mais força sobre isso a partir dessa ferramenta que é a internet”, reforça André.

podcast ms ciencia fundect Projeto apoiado pela Fundect lança podcast de divulgação científica

“O projeto visa, além de divulgar a ciência, humanizar a figura do cientista, e esse é exatamente nosso objetivo. Pensamos que o podcast é uma forma de aproximar as pessoas da figura do cientista, olhar para essa figura de uma forma nova, muito mais humanizada”, completou.

O podcast – que também é exibido em vídeo – faz parte dos produtos de divulgação científica elaborados pelo MS +Ciência, o que inclui a revista Corumbella, além de apresentações teatrais, redes sociais e outros materiais. O projeto é apoiado pela Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) e pela UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

“A Fundect, enquanto principal fomentadora de ciência no Estado, também se preocupa em levar o conhecimento acadêmico para todos. A ciência e a tecnologia geram valor e impacto para a sociedade, divulgar isto também é nosso papel. Já passamos do tempo de fazer ciência para cientistas. Agora, precisamos fazer e mostrar ciência para que a sociedade compreenda a importância dela para nosso bem-estar e até para a sobrevivência. O podcast usa uma linguagem moderna, atual, que vai chegar a diversos públicos, atingindo esse objetivo. A estreia será no dia 4 de outubro e convido a todos que ouçam, assistam, interajam e aproveitem o conteúdo”, explica Márcio de Araújo Pereira, presidente da Fundect.

União de formatos e propósitos

Segundo o apresentador, e também produtor, Bruno Moser, os episódios unem o expertise dos cientistas e uma forma mais livre de comunicar. “Nós aproveitamos o acesso dos participantes do projeto no meio acadêmico e levantamos ideias de pauta. Procuramos também o que os pesquisadores estão produzindo, através das plataformas de indexação acadêmica. Ao reunir essas informações, conseguimos organizar as pautas de uma forma bem farta e variada em temas”, conta.

E formatar nessa ideia que é bem aceita nas redes sociais, que é de “videocast”, foi algo que casou muito bem com a iniciativa. “Podcasts são ferramentas que comunicam muito bem e para várias faixas etárias na internet. Estamos colaborando como podemos para que Mato Grosso do Sul tenha orgulho de seus pesquisadores e cientistas, e os conheçam e reconheçam por rosto, voz e qualidade”, frisa Bruno.

Primeiro episódio

O Papo de Ciência será disponibilizado aos ouvintes semanalmente, a partir do dia 4 de outubro, sempre às quartas-feiras, por sete episódios completos, formados por entrevistas e quadros curiosos e divertidos. O primeiro episódio trará o coordenador do Bioparque Pantanal, Heriberto Gimenes Júnior, que vai falar sobre a perspectiva científica do parque.

“O mesacast com entrevistados é um formato que o grande público já está familiarizado, mas pensamos em utilizar dele para fazer algo diferente”, conta um dos apresentadores e idealizadores, Lucas Verão. “O Papo de Ciência é muito dinâmico. Entra um jogo, entra entrevista, entra notícias, entra um TikTok, continua entrevista, e assim vai”, afirma.

Serviço

O podcast será disponibilizado gratuitamente no Youtube, Spotify e terá trechos no Instagram e no Tiktok do Mídia Ciência, plataforma do projeto. Além disso, poderá ser conferido no site: www.midiaciencia.com e também na programação da Rede E (TV Educativa) de Mato Grosso do Sul.

Lyra Libero, MS +Ciência
Fotos: Fundect/Projeto MS +Ciência

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp