Campo Grande, 18 de junho de 2024

Pan 2023: Brasil salva dois match points, bate Cuba e vai direto às semifinais no vôlei

Por Redação do ge — Santiago

A seleção brasileira masculina de voleibol está na semifinal dos Jogos Pan-Americanos de Santiago. O Brasil venceu nesta quarta-feira o time de Cuba por 3 sets a 2, parciais 25/23, 25/16, 18/25, 25/27 e 18/16. Com este resultado, os brasileiros avançam em primeiro do grupo A. Darlan mais uma vez foi o destaque da seleção, virando bolas importantes no tie-break. Ele foi o maior pontuador do jogo com 28 pontos marcados.

No regulamento da competição, os líderes de cada grupo pulam as quartas de final. O Brasil fecha a primeira fase com 100% de aproveitamento, 3 vitórias em três jogos. Na estreia do grupo A, a seleção venceu a Colombia por 3 sets a 0, parciais 25/20, 25/27 e 25/10. Contra o México outra vitória simples por 3 a 0, parciais 25/13, 25/15 e 25/20.

As quartas de final da competição acontecem nesta quinta-feira. O Brasil aguarda um dos vencedores do confronto para a semifinal que será na sexta-feira.

Brasil festeja ponto contra o México no Pan — Foto: Alexandre Loureiro/COB @alexandreloureiroimagens

Brasil festeja ponto contra o México no Pan — Foto: Alexandre Loureiro/COB @alexandreloureiroimagens

A seleção no Pan conta com alguns nomes da equipe principal, como Darlan, Adriano, Honorato, Otávio, Judson e Maique. Outros, como Felipe Roque e Mateus Brasília, são nomes que costumam figurar nas convocações.

O jogo

 

O Brasil entrou em quadra com Otávio, Judson, Adriano, Matheus, Honorato e Darlan, além do líbero Maique. Principal adversário da seleção nesta primeira fase, Cuba já começou dando trabalho no primeiro set. Para desequilibrar, o Brasil contou com mais uma grande atuação de Darlan. O oposto virou bolas importantes quando a seleção esteve pressionada. Vitória por 25 a 23 na parcial.

Embalados, os brasileiros abriram o segundo set com vantagem e administraram a parcial, que foi a mais tranquila do jogo. Destaque na parcial para Honorato, que teve boa passagem no saque, na recepção e nos ataques. Vitória tranquila por 25 a 16.

Os cubanos começaram a reação no terceiro set. López chamou a responsabilidade e mostrou por qual motivo é conhecido como principal jogador do time caribenho. Sem medo, ele enfrentou o bloqueio brasileiro e chegou a 14 pontos marcados.

Além de López, Cuba contou com outros importantes nomes da seleção principal, que participaram recentemente do pré-olímpico no Maracanãzinho. Estiveram em quadra Adrian Goide, Yorder García e o levantador Lyvan Taboada.

O quarto set teve o mais alto nível de voleibol. O Brasil chegou a abrir cinco pontos de vantagem quando o placar marcou 14 a 9 após bloqueio de Honorato. A alegria verde e amarela durou pouco até a virada dos adversários. Os últimos pontos foram disputadíssimos. A seleção chegou a salvar dois set points com Darlan. Mas, quando López encaixou uma bomba no saque, não teve para a defesa brasileira.

No tie-break mais emoção. Cuba abriu dois pontos de vantagem depois que Darlan e Adriano não se comunicaram na recepção de saque. Na sequência, um ponto extremamente polêmico. Quando o Brasil teve um bloqueio importantíssimo, a arbitragem marcou toque na rede de Darlan. Diante do possível erro da arbitragem, a seleção não pôde pedir o desafio – o sistema foi suspenso da competição depois de falhar nos jogos femininos.

Apesar da polêmica, o Brasil teve maturidade para manter o equilíbrio emocional. Com duas viradas de bola importantíssimas de Darlan, a seleção chegou a salvar dois match points. O bloqueio também funcionou muito bem no momento decisivo do jogo. O ponto da vitória do Brasil saiu mais uma vez das mãos dele, Darlan, que terminou com 28 pontos.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp