Campo Grande, 24 de abril de 2024

Engenheiros do governo aprimoram conhecimento em técnicas de pavimento de concreto

Nos últimos dois dias, engenheiros do Governo do Estado passaram por curso de capacitação sobre o uso do pavimento rígido de concreto em rodovias. Em evento realizado na terça (31) e quarta-feira (1º), os participantes atualizaram seus conhecimentos em técnicas que utilizam o cimento como matéria principal para a pavimentação de estradas.

“Estamos preparando nossa equipe para que possamos trazer essa modernidade para o Mato Grosso do Sul. O pavimento rígido feito a partir do concreto é uma modernidade que o governador Eduardo Riedel vai trazer para o Estado. A ideia é usar essa técnica principalmente nas regiões produtivas onde existe um movimento maior de caminhões e cargas pesadas”, explicou o secretário Hélio Peluffo, da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística).

Os participantes do curso debateram sobre a competitividade, a execução e o dimensionamento do pavimento de concreto. Também aprofundaram seus conhecimentos em manutenção proativa com maior delegação de riscos e responsabilidades ao setor privado; licitação com contratação integrada; e o uso das técnicas whitetopping blacktopping, entre outros temas.

O curso foi ministrado por representantes da ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland) e contou com a participação de integrantes do DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná). A organização ficou por conta da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) e da Seilog.

Comparado com o pavimento flexível, aquele feito de asfalto, o pavimento rígido de concreto, que utiliza o cimento, tem maior durabilidade e gera economia aos cofres públicos, conforme destacou o gerente regional Centro-Oeste da ABCP, Fernando Crosara. “O pavimento de concreto praticamente livra os órgãos públicos de manutenção (com a rodovia), que chega a ser um décimo do que o asfalto proporciona. Dificilmente dá buraco no concreto. No Brasil, temos pavimento desse tipo com mais de 60 anos”, pontuou.

Além de Crosara, ministraram o curso outros dois engenheiros da ABCP, Waldir Belisário, da Área de Mercado, e Fernão Paes Leme, do segmento de Projetos. As aulas contaram com participação do diretor-presidente do DER-PR, Fernando Furiatti Saboia, e de seu assessor, Alexandre Castro Fernandes, que é professor convidado do INBEC (Instituto Brasileiro de Educação Continuada).

A abertura na terça-feira contou com a participação dos secretário da Seilog, Hélio Peluffo e Mirna Estela Torres (adjunta), do diretor-presidente da Agesul, Mauro Azambuja Rondon, e da chefe de gabinete da Secretaria de Infraestrutura, Luana Ruiz.

Bruno Chaves, Comunicação Seilog
Fotos: Chico Ribeiro

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp