Campo Grande, 12 de abril de 2024

MS brilha no Grand Prix e Copa Loterias Caixa de judô paralímpico, conquistando 13 medalhas

Mato Grosso do Sul foi destaque em duas competições de judô paralímpico: o Grand Prix e a Copa Loterias Caixa, ambas realizadas pela CBDV (Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais) no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo (SP) na segunda-feira (13).

A delegação, representada pelo Ismac (Instituto Sul-Mato-Grossense para Cegos “Florivaldo Vargas”), teve apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania), contou com 17 pessoas (14 atletas e três membros da comissão técnica), e voltou para casa com 13 medalhas na bagagem.

Em sua segunda etapa no ano, o Grand Prix, equivalente ao campeonato brasileiro da modalidade, reuniu cerca de 90 atletas na capital paulista. Nesta competição, os judocas do Ismac brilharam, faturando oito medalhas (dois ouros, cinco pratas e um bronze). O desempenho colocou a instituição no segundo lugar geral.

Já a Copa Loterias Caixa foi voltada a iniciantes e contou com a participação de 80 judocas. Foram cinco idas ao pódio dos sul-mato-grossenses, sendo três ouros, uma prata e um bronze. Na classificação final por equipes, o Ismac terminou na terceira colocação.

Para a técnica da equipe, Anne Talitha Silva, o resultado positivo em São Paulo (SP) fecha o ano com “chave de ouro”.

“Foi um resultado muito significativo para a instituição e para nosso estado. Teve muito valor, porque a gente se empenhou bastante, se dedicou, treinou muito. Foi a coroação de todo um trabalho diário que realizamos. É um grupo muito forte, que se empenha muito, o que torna ainda mais prazerosa essa conquista”.

Ela destaca ainda que a realização simultânea do Grand Prix e da Copa no CT Paralímpico, principal complexo paradesportivo brasileiro, possibilitou a troca de experiência entre atletas de várias partes do país.

“As duas competições acontecendo juntas foi uma experiência muito positiva, porque conseguimos mesclar atletas que estão iniciando com os que já estão hoje em alto nível. Então, foi algo muito inspirador principalmente para os mais novos e uma oportunidade que os mais experientes tiveram de contribuir para o desenvolvimento da próxima geração”.

Tecnica Anne Talitha de preto a direita recebe trofeu de 2o lugar geral para o Ismac MS brilha no Grand Prix e Copa Loterias Caixa de judô paralímpico, conquistando 13 medalhas
Técnica Anne Talitha Silva (de preto, à direita) recebe troféu de 2º lugar geral no GP

Representaram o Ismac os atletas: Lara Amaral, Liliane Souza, Carlos Eduardo Campos, Gabriel Ferreira, Felipe Alves, Fladmir Matos, Larissa Barros, Benilce Araújo, Hellen Machado, Luzia Lustosa, Kelly Victorio, Jorge Nakashita, Rafael Martins e Nathan Reliquias. A comissão técnica foi composta por Anne Talitha Silva (técnica), Gleyson Sobrinho (auxiliar técnico) e Luan Pimentel (chefe de delegação).

Confira todos os medalhistas sul-mato-grossenses no Grand Prix e Copa Loterias Caixa de judô paralímpico:

Grand Prix (8 medalhas)

1º lugar – Benilce Araújo (-57 kg classe J1)

1º lugar – Jorge Nakashita (-60 kg J1)

2º lugar – Hellen Machado (-57 kg J2)

2º lugar – Kelly Victorio (-70 kg J2)

2º lugar – Gabriel Rodrigues (-60 kg J1)

2º lugar – Nathan Reliquias (-73 kg J1)

2º lugar – Rafael Martins (-60 kg J2)

3º lugar – Luzia Lustosa (-70 kg J1)

Copa Loterias Caixa (5 medalhas)

1º lugar – Carlos Eduardo Campos (-38 kg J2 – sub-13)

1º lugar – Liliane Souza (+70 kg J1 – sênior)

1º lugar – Felipe Alves (-73 kg J2 – sênior)

2º lugar – Lara Amaral (-48 kg J1 – sub-15)

3º lugar – Fladmir Matos (-73 kg J2 – sênior)

 

Lucas Castro, Comunicação Fundesporte
Fotos: Taba Benedicto/CBDV

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp