Campo Grande, 22 de abril de 2024

SULMaSSP: operação entre Polícia Científica e Polícia Penal coleta material genético de detentos

Como parte das ações do SULMaSSP, amostras de material genético de 244 detentos foram coletadas. A operação conjunta entre a Agepen (Agência Estadual de Administração Penitenciária) e a Polícia Científica garantiu traçar o perfil genético de presos condenados por crimes graves, como violência sexual, homicídios, feminicídios e roubos.

A coleta, que irá para o Banco Nacional de Perfis Genéticos, aconteceu no Instituto Penal de Campo Grande, em 31 de outubro, e mobilizou dezenas de profissionais, dentre eles peritos criminais, agentes de Polícia Científica, peritos papiloscopistas e policiais penais.

O coordenador-geral de Perícias da Polícia Científica, José de Anchieta Souza e Silva, esclareceu que essa ação não se limitou à coleta de perfis genéticos, mas representou um esforço integral para fortalecer a rede de informações no enfrentamento a crimes graves. “Isso reflete o compromisso das instituições envolvidas e a valorização da ciência forense como uma importante ferramenta na resolução de crimes sérios”, destacou.

Além disso, a troca de informações de inteligência entre os estados envolvidos no SULMaSSP foi intensificada, contribuindo ainda mais no combate à criminalidade.

Sulmasp PP 10.11 ok SULMaSSP: operação entre Polícia Científica e Polícia Penal coleta material genético de detentos
O encerramento da Operação SULMaSSP aconteceu nesta sexta-feira (10.11).

O diretor-presidente da Agepen, Rodrigo Rossi Maiorchini, destacou que essa representa a primeira vez que o sistema prisional é incluído na operação SULMaSSP e demonstra o papel fundamental que o sistema penitenciário tem para a segurança pública como um todo.

“As ações voltadas à ordem e a disciplina no sistema prisional dos estados envolvidos proporcionam maior integração, a partir do intercâmbio e compartilhamento de boas práticas, conhecimentos de inteligência e outras informações de interesses operacionais”, afirmou o dirigente.

Sobre o SULMaSSP

O SULMaSSP é um bloco que congrega os estados da região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), Mato Grosso do Sul e São Paulo. A operação, uma parceria entre as Secretarias de Segurança Estaduais, visa fortalecer ações conjuntas, permitindo a troca de dados e conhecimentos relacionados à inteligência policial e aos interesses operacionais.

Criado em março de 2023, o bloco SULMaSSP atua de forma coordenada para ampliar e fortalecer a repressão de crimes transfronteiriços e nas divisas estaduais, promovendo uma integração operacional e de inteligência efetiva na desarticulação de organizações criminosas e no aprimoramento dos mecanismos de defesa social.

No âmbito prisional, a intenção é estabelecer um canal permanente de comunicação dos estados integrantes, a fim de intensificar as ações e oportunizar a cooperação tecnológica, estrutural e de informações.

Texto e Fotos: Assecom Polícia Penal e Polícia Científica.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp