Campo Grande, 27 de fevereiro de 2024

Obra de controle de erosão no “buracão” de Coxim avança e chega a 45% de execução

Nas imediações da Vila Bela, em Coxim, a grande erosão que tomou conta de uma área ao lado da Avenida Mato Grosso do Sul está sendo controlada através de uma obra tocada pelo Governo do Estado. Com cerca de 45% de execução, o serviço consiste na construção de uma galeria de águas pluviais e na pavimentação de vias.

Para combater o “buracão” – nome dado por moradores e comerciantes que convivem com o problema há mais de uma década – são aplicados R$ 21,5 milhões de recursos estaduais, através da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) e da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística).

Segundo o engenheiro que fiscaliza a obra, Celso Hirahata, as equipes do canteiro de obras estão instalando as aduelas de concreto que fazem parte da galeria de drenagem. Cada uma dessas estruturas possui três metros de largura por três metros de altura. “É um serviço mais moroso, pois o terreno é alagadiço. A obra está com 400 metros de aduelas instaladas de um total de 712 metros”, explica.

Além do controle de erosão no solo, a obra consiste na pavimentação da Rua Orquídea e também em um trecho da Avenida Mato Grosso do Sul. Conforme cronograma aprovado pela Agesul e pela Seilog, o prazo contratual para finalização do empreendimento é agosto de 2024.

“Essas ações de drenagem e pavimentação melhoram a segurança, a saúde e o bem-estar da população. Quando os investimentos em infraestrutura chegam na cidade, todos ganham: moradores e comerciantes”, destaca o secretário Helio Peluffo, da Seilog.

Obra Buracao Coxim 18 scaled Obra de controle de erosão no “buracão” de Coxim avança e chega a 45% de execução

Bruno Chaves, Seilog

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp