Campo Grande, 12 de abril de 2024

Ramon Dino faz promessa para o Olympia: “Pessoal fala que treino fofo”

Por Redação do ge — São Paulo

Depois de perder o título do Arnold Classic Ohio 2024, em uma disputa em que era favorito, Ramon Dino está disposto a chegar ao topo no Olympia, o mais importante campeonato de fisiculturismo do mundo, a ser realizado de 10 a 13 de outubro. Em entrevista, o fisiculturista brasileiro culpou o “pouco tempo” de preparação e problemas que teve durante os treinamentos pelo vice e, por isso, disse que irá começar os treinos para o Olympia assim que retornar ao Brasil, indo além do seu limite.

— Quando eu voltar para o Brasil, a gente já vai iniciar o trampo para o Olympia para já chegar sinistro. São 32 semanas para trabalhar todos os pontos fracos que precisam ser melhorados — disse Ramon Dino em participação em podcast apresentado por Eduardo Corrêa e Fabricio Pacholok, nesse sábado.

— Pode ter certeza que eu vou aderir a algumas coisas novas, a treinos desnecessários também. O pessoal fala muito que eu treino fofo. Não, eu treino no meu limite. Mas eu vou começar a passar um pouco desse limite, para ver o que isso pode trazer de bom.

 

Na entrevista, o “Dinossauro Acreano” contou que a preparação de só seis semanas e problemas não revelados o atrapalharam na conquista do bicampeonato do Arnold. Ele era o franco favorito ao título em Columbus, depois de ter sido campeão na edição passada e ficado em 2º lugar no Olympia 2023, somente atrás do canadense Chris Bumstead, o “CBum”, o maior nome da modalidade.

Ramon Dino em apresentação na final da categoria Classic Physique do Arnold Classic Ohio 2024 — Foto: Reprodução/Arnold Sports

Ramon Dino em apresentação na final da categoria Classic Physique do Arnold Classic Ohio 2024 — Foto: Reprodução/Arnold Sports

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp