Campo Grande, 24 de setembro de 2021

Santos vira, goleia o Cruzeiro e garante vaga direta na Libertadores

Virada e goleada

Jorge Sampaoli diz ainda não saber se ficará no Santos em 2020, mas recebeu neste sábado um bom argumento para continuar no cargo. De virada, o Peixe goleou o Cruzeiro por 4 a 1, na Vila Belmiro, assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro e ainda garantiu a classificação direta para a fase de grupos da Copa Libertadores (assista abaixo aos melhores momentos). Se os alvinegros festejam, os cruzeirenses ligam o alerta novamente com a possibilidade de entrar na zona do rebaixamento no complemento da 34ª rodada.

Santos sobe para segundo

O Santos chegou aos mesmos 68 pontos do Palmeiras, mas com vantagem no número de vitórias (20 a 19) – o rival recebe o Grêmio, neste domingo, na arena. A vitória sobre o Cruzeiro sacramenta também a classificação do Peixe para os grupos da Libertadores 2020. Com o título do Flamengo neste sábado, o G-4 se transformou em G-5. Na próxima quinta-feira, os santistas visitam o Fortaleza, às 20h, no Castelão. Veja a tabela e classificação do Brasileirão

  • Cruzeiro pode voltar ao Z-4

    Depois de 11 jogos de invencibilidade (três vitórias e oito empates, quatro deles seguidos), o Cruzeiro volta a perder e corre sério risco de entrar novamente na zona do rebaixamento. A quatro rodadas do fim, a Raposa permanece com 36 pontos, um acima do Fluminense, que enfrenta o CSA, segunda-feira, em Maceió. A equipe alagoana, aliás, é a próxima adversária da Raposa, quinta, às 21h30, no Mineirão. Clique aqui e faça as contas no Simulador!

    Abel Braga, do Cruzeiro, na partida contra o Santos

    Abel Braga, do Cruzeiro, na partida contra o Santos (Foto: Marcello Zambrana / Estadão Conteúdo)

  • Primeiro tempo

    Como de costume, o Santos colocou muita velocidade no início do jogo e pressionou o Cruzeiro. Marinho apareceu bem pelo lado direito. Sasha parou em boa defesa de Fábio. Mas foi o Cruzeiro quem abriu o placar, aos 13. Orejuela fez boa jogada pela direita e, de pé esquerdo, bateu sem chances para Everson. O Peixe continuou perigoso na frente e chegou ao empate aos 22. Evandro recebeu de Sánchez e ajeitou para Sasha deixar tudo igual. Sánchez perdeu a chance de virar pouco depois ao bater para fora cara a cara. Marinho acertou a trave após arrancada pela direita que deixou Egídio para trás. A Raposa só respondeu aos 37, em cobrança de falta de Thiago Neves que Ederson espalmou. Gustavo Henrique marcou nos acréscimos, mas estava em impedimento bem assinalado pela arbitragem.

    Eduardo Sasha comemora o gol do Santos sobre o Cruzeiro

    Eduardo Sasha comemora o gol do Santos sobre o Cruzeiro (Foto: Santos FC / divulgação)

  • Segundo tempo

    O Santos continuou melhor. Cacá, aos oito, tirou na pequena antes da finalização de Sánchez. Em seguida, Soteldo bateu por cima e perdeu boa chance. A virada saiu aos 14. Marinho arrancou pela direita, cortou para o meio e bateu bonito no canto, sem chances para Fábio. O Peixe poderia ter aumentado pouco depois, mas o cabeceio de Evandro passou perto. Orejuela respondeu com boa jogada e um chute perigoso por cima. Os paulistas decidiram o jogo aos 19, em cruzamento de Sánchez que passou por Sasha e sobrou para Soteldo concluir. Os cruzeirenses tentaram reagir, mas criaram muito pouco. E ainda sofreram o quarto, aos 44. Fábio deu rebote em falta de Sánchez, Evandro cruzou, e Diego Pituca só completou.

    Marinho, do Santos, comemora gol sobre o Cruzeiro

    Marinho, do Santos, comemora gol sobre o Cruzeiro (Foto: Guilherme Dionísio / Estadão Conteúdo)

  • Atuações do Santos

    Veja aqui as notas dos jogadores

    Diego Pituca, do Santos, marca o quarto gol sobre o Cruzeiro

    Diego Pituca, do Santos, marca o quarto gol sobre o Cruzeiro (Foto: Ivan Storti/Santos FC)zeiro

  • Veja aqui as notas dos jogadores

    Marinho, do Santos, e Egídio, do Cruzeiro, na Vila Belmiro

    Marinho, do Santos, e Egídio, do Cruzeiro, na Vila Belmiro (Foto: Luis Moura / Estadão Conteúdo)

  • Homenagem ao Rei

    Os 50 anos do milésimo gol de Pelé, completados no último dia 19 de novembro, foram lembrados pelo Santos antes da partida. Edinho, filho do Rei, repetiu no gramado da Vila Belmiro a foto tirada por Pelé após atingir a histórica marca.

    Edinho em homenagem do Santos ao milésimo gol de Pelé

    Edinho em homenagem do Santos ao milésimo gol de Pelé (Foto: Santos FC)

  • Gol mil e pedido

    Soteldo marcou neste domingo o gol mil do Santos na história dos pontos corridos. O Peixe foi o primeiro clube a atingir a marca. Após a partida, o atacante venezuelano ainda pediu para conhecer o Rei Pelé, de quem ganhou uma camisa autografada nesta semana.

    Soteldo, do Santos, na partida contra o Cruzeiro

    Soteldo, do Santos, na partida contra o Cruzeiro (Foto: Marcello Zambrana / Estadão Conteúdo)

    Santos na campanha contra o câncer

    O Santos trocou o preto pelo azul na numeração das camisas de seus jogadores neste sábado. A cor é uma referência ao Novembro Azul, movimento mundial que reforça a importância da prevenção do câncer de próstata. A camisa do Peixe também recebeu um laço na mesma coisa logo abaixo do símbolo do clube.

    Soteldo, do Santos, comemora o gol diante do Cruzeiro

    Soteldo, do Santos, comemora o gol diante do Cruzeiro (Foto: Santos FC / divulgação)

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =