Campo Grande, 16 de setembro de 2021

Eike Batista se livra de processo por fraude na Flórida

Eike Batista tem menos um problema na vida.

A Corte de Litígios Empresariais de Miami não reconheceu a jurisdição da Flórida para uma ação movida pelos fundos Meridian Trust e American Associated, que haviam investido na OGX e em outras empresas do ex-homem mais rico do Brasil.

Assim, os réus Eike Batista, seu filho Thor, o ex-presidente da OGX Paulo Mendonça, e os ex-executivos da petroleira Flavio Godinho, Luiz Carneiro, Aziz Ammar, Marcus Berto e Erick Magno se livraram da ação.

O juiz acolheu os argumentos de que a Justiça da Flórida não tem poderes para julgar o caso, apenas a do Brasil.

Na ação, Eike e sua turma são acusados de fraude.

Ou, mais espeficicamente, de dizimar o patrimônio de várias de suas empresas pouco antes de pedidos de recuperação judicial delas serem impetrados na Justiça. Teriam feito isso já informados de que as empresas não tinham salvação.

O Globo/ Lauro Jardim

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 9 =