Campo Grande, 25 de setembro de 2021

Com altas expectativas esportivas e financeiras, orçamento mostra que Flamengo entra em 2020 com o desafio de consolidar domínio

Flamengo começou 2019 com postura agressiva no mercado de transferências – adotada pela diretoria que tinha acabado de ser empossada com Rodolfo Landim na presidência. Poucos dias separaram, já em janeiro, as contratações de Rodrigo Caio, Bruno Henrique e Arrascaeta, além do empréstimo de Gabigol. Isso sem falar nas aquisições no meio da temporada. O Flamengo foi avassalador em 2019. Em 2020, tudo indica que a história rubro-negra será outra.

O clube publicou, há duas semanas, o orçamento com os números finais para 2019 e os projetados para 2020. E, ao mesmo tempo em que é tentador para o torcedor ficar encantado com grandes cifras, como o faturamento recorde de R$ 857 milhões, faz bem apontar para desafios e riscos que aguardam a direção no ano que está para começar.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =