Campo Grande, 27 de setembro de 2021

Piloto e mecânico de avião de Campo Grande são presos na Venezuela por narcotráfico

Dois brasileiros, piloto e mecânico de avião em Campo Grande, foram presos por envolvimento com o narcotráfico no último dia 16 de novembro na zona rural da localidade de Guasimo Mayita, município de Giradot, estado de Cojedes na Venezuela.

O piloto de 40 anos e o mecânico de avião, de 29 anos, foram presos pelo Destacamento de Segurança Urbana do 32º Comando da Zona da Guarda Nacional Bolivariana, após a aeronave pousar em uma estrada rural transformada em pista clandestina no estado de Cojedes.

Na Venezuela, de acordo com o site MS em Foco, eles estão enquadrados em tráfico de cocaína e combustível de aviação. A dupla estava com uma aeronave Sêneca matrícula PT-EZU, em nome de uma mulher, moradora do estado de São Paulo.

O piloto e o mecânico eram considerados como “sumidos” por amigos e colegas, mas ninguém falava em algum tipo de problema com os dois, porém, a dupla vez ou outra aparecia rapidamente em Campo Grande, inclusive em avião fretado. Também há informações, de que o mecânico ons tentava cédulas de dólares, quando aparecia na Capital.

A Deco (Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Organizado) sob o comando da delegada Ana Cláudia Medina, descobriu que os dois foram presos pelas Forças de Segurança da Venezuela, no dia 16 de novembro. Na aeronave os militares encontraram tambores com quase 500 litros de combustível.

Diego Alves/ Midiamax

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 7 =