Campo Grande, 23 de setembro de 2021

Engenheiro agrônomo morre em colisão de caminhonete com trem em MS

O engenheiro agrônomo Douglas Ribeiro Pantaleão, de 35 anos, morreu na tarde desta terça-feira (21) após colidir a caminhonete que dirigia com um trem da Rumo, na área rural de Chapadão do Sul, na região leste de Mato Grosso do Sul.

Segundo a empresa, o acidente ocorreu por volta das 15h, em uma passagem de nível. A Rumo diz que o maquinista acionou todos os procedimentos de emergência, mas não conseguiu parar a composição a tempo de evitar a colisão.

Engenheiro agrônomo Douglas Pantaleão morreu na tarde desta terça-feira na colisão de sua caminhonete com um trem — Foto: O Correio NewsEngenheiro agrônomo Douglas Pantaleão morreu na tarde desta terça-feira na colisão de sua caminhonete com um trem — Foto: O Correio News

Engenheiro agrônomo Douglas Pantaleão morreu na tarde desta terça-feira na colisão de sua caminhonete com um trem — Foto: O Correio News

De acordo com os bombeiros, em razão da violência do impacto o agrônomo foi arremessado para fora da caminhonete e morreu no local, antes mesmo da chegada do socorro.

A empresa disse que lamenta o acidente e reforçou que conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) a linha férrea é preferencial e que antes de atravessá-la é fundamental aos condutores parar, olhar e escutar.

Nota da Rumo sobre o acidente:

Um veículo se chocou contra um trem nesta terça-feira (21), por volta das 15h, em uma passagem em nível devidamente sinalizada na área rural de Chapadão do Sul. O maquinista acionou todos os procedimentos de emergência, mas não foi possível parar a composição a tempo devido ao seu peso e tamanho. A concessionária lamenta o fato e reforça que conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a linha férrea é sempre preferencial, ao se aproximar de um cruzamento é fundamental parar, olhar e escutar antes de atravessar a ferrovia. A Companhia realiza uma série de campanhas educativas para orientar motoristas e pedestres sobre os cuidados com a ferrovia.

* Com supervisão de Anderson Viegas

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =