Campo Grande, 22 de setembro de 2021

Áudios de operadores de torres de controle com piloto de helicóptero de Kobe Bryant são divulgados

Foi divulgado um áudio dos últimos diálogos entre operadores de torres de comando da Califórnia e o piloto de helicóptero do acidente matou o ex-astro da NBA Kobe Bryant, sua filha e sete outras pessoas perto de Los Angeles, nos Estados Unidos, no domingo (26).

O site VASAviation tornou os diálogos públicos. O helicóptero, que é identificado pela sigla N72EX, conversa com três operadores diferentes. O primeiro pede para que o piloto entre em contato com a unidade controladora de Van Nuys.

Essa operadora passa condições de voo, como vento e visibilidade. O piloto responde com informações da sua situação.

A operadora pede para que ele entre em contato com uma torre chamada Socal. O piloto responde afirmativamente, e, logo depois, pede autorização para entrar em uma rota de voo.

A operadora aprova, mas pergunta logo em seguida se ele está fazendo a transição em condições de acordo com as regras de voo visuais. Ele diz que tem visibilidade.

A atendente pede novamente para que o piloto do helicóptero entre em contato com a outra torre de Socal.

Esse terceiro operador tenta entrar em contato, mas não consegue. “Helicóptero 72EX, diga suas intenções”, pede ele. Não há resposta.

A última fala do funcionário da torre de comando é a seguinte: “Helicóptero 72EX, você ainda está em um nível muito baixo para acompanhamento de voo neste momento”.

Condições climáticas desfavoráveis

Bombeiros trabalham no local onde o helicóptero que transportava o ex-jogador Kobe Bryant caiu no domingo (26), na Califórnia (EUA)  — Foto: Marca Ralston / AFP

Bombeiros trabalham no local onde o helicóptero que transportava o ex-jogador Kobe Bryant caiu no domingo (26), na Califórnia (EUA) — Foto: Marca Ralston / AFP

As condições climáticas provavelmente vão aparecer na análise de investigadores sobre o acidente.

Um helicóptero Sikorsky S-76, de propriedade de Bryant, bateu numa encosta íngreme nos arredores da cidade de Calabasas, na Califórnia, cerca de 65 quilômetros a noroeste do centro de Los Angeles, causando incêndio e espalhando detritos por 1.000 metros quadrados de terreno gramado.

Horas depois, as autoridades do condado de Los Angeles disseram que todas as nove pessoas a bordo do helicóptero morreram no acidente.

Por G1

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =