Campo Grande, 26 de setembro de 2021

Após renovar recorde na véspera, dólar opera em alta e vai a R$ 4,38

O dólar opera em alta nesta quinta-feira (20), após bater novo recorde nominal de fechamento na véspera.

Às 9h04, a moeda norte-americana era vendida a R$ 4,3808, em alta de 0,36%. Na maior cotação até o momento, chegou a R$ 4,3858 – renovando a maior cotação intradia. Veja mais cotações.

Na quarta, o dólar subiu 0,19%, para R$ 4,3650, renovando sua máxima de fechamento um dia após o presidente do Banco Central dizer que está tranquilo em relação ao câmbio e com os investidores atentos ao noticiário do coronavírus.

Na parcial do mês, o dólar acumula alta de 1,87%. No ano, o avanço é de 8,86%.

O que explica as altas recentes

Além das preocupações sobre o impacto do coronavírus na economia global, o dólar mais valorizado nas últimas semanas também tem refletido os juros em mínimas históricas no Brasil e as perspectivas sobre o ritmo de crescimento da economia brasileira e andamento das reformas.

Diversas instituições financeiras têm revisado para baixo suas perspectivas para o crescimento econômico em 2020 na esteira da disseminação do novo coronavírus e da percepção de uma lentidão um pouco maior que o esperado no ritmo de crescimento neste início de ano.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 − 2 =