Campo Grande, 23 de outubro de 2021

Espanha registra menor número diário de mortes por coronavírus desde 24 de março

A Espanha registrou, nesta sexta-feira, o menor número diário de mortes por coronavírusdesde 24 de março, com 605 óbitos nas últimas 24 horas, mantendo a tendência de queda de casos no país. De acordo com o balanço divulgado pelo ministério da Saúde, o número total de mortes é de 15.843 na Espanha, o segundo país mais afetado pela pandemia na Europa, atrás apenas da Itália, e submetido, desde 14 de março, a um severo confinamento da população.

De acordo com o novo balanço oficial, há 157.022 casos diagnosticados e 55.668 pacientes de alta. Na Espanha, embora o ritmo de infecção esteja diminuindo, seu aumento diário ainda é superior ao de recuperados. Quanto às mortes, trata-se do melhor balanço diário desde 24 de março, quando foram registrados 514 óbitos pelo coronavírus.

Desde domingo, a taxa de infecções e mortes vêm caindo em Itália, Espanha e Alemanha, mantendo o ritmo de desaceleração dos últimos dias.

A mortalidade acelerou entre o final de março e o início de abril e atingiu o pico de 950 mortes em 2 de abril, momento em que a tendência de queda começou, com alguns dias de alta.

— Continuamos com a tendência de queda que já havíamos observado —  afirmou a médica María José Sierra, do centro de emergências de saúde, em sua entrevista coletiva diária.

Governo vai distribuir máscaras

Nesta sexta-feira, o Conselho de Ministros se reuniu, horas após o Congresso aprovar a extensão do estado de alarme até 26 de abril. A ministra das Finanças e porta-voz do Executivo, Maria Jesús Montero, explicou novas medidas para o retorno ao trabalho de algumas empresas e  mudou oficialmente sua posição sobre as máscaras, que serão distribuídas no metrô, ônibus e “pontos onde seu uso é recomendado”.

— Ainda estamos na fase de confinamento —  alertou o ministro da Saúde, Salvador Illa.

Segundo Illa, o tipo de máscara recomendado não é cirúrgico, indicado para profisisonais de saúde, nem de filtro, usado para quem trata diretamente dos pacientes infectados. É um terceiro tipo, uma nova categoria de barreira, a de máscaras higiênicas.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =