Campo Grande, 13 de julho de 2024

Tite pede calma com Gabigol na Seleção e quer que Neymar “exploda todo seu talento”

O técnico Tite pediu calma em relação ao atacante Gabigol na seleção brasileira e disse que “ele vai brilhar”. Autor de um gol na estreia na Copa América, contra a Venezuela, o jogador do Flamengo foi titular na goleada por 4 a 0, sobre o Peru, nesta quinta-feira, mas acabou substituído no intervalo.

– Calma. O futebol é feito de calma. Se não a gente cria uma expectativa excessiva e acha que o jogador já tem que entrar e produzir tudo o que ele faz no seu clube. Mexemos numa equipe toda. Tivemos seis modificações de um jogo para outro O futebol é uma engrenagem, ele demora um pouquinho para se ajustar. No segundo tempo, usamos um número grande de atacantes, porque a gente achou que era o que o jogo pedia. Talvez, se tivesse o Everton com Gabriel e Neymar, seria melhor. Esses ajustes, a gente tem que ter calma. A gente vai trabalhando essas situações – ponderou o treinador.

Gabigol deu apenas cinco passes no tempo em que esteve em campo e não conseguiu finalizar.

– A gente tem mudado , dado oportunidade para todos, Gabriel entrou muito bem no jogo anterior, e hoje tivemos muita dificuldade para encontrar espaço. Era agressiva a marcação do Peru, subindo para uma média, alta nos dificultando bastante. O Gabriel foi substituído, a equipe no primeiro tempo não ajudou, porque ele é um jogador de finalização. Outras oportunidades vão aparecer, ele vai brilhar. No coletivo, um brilha em um dia, em outro dia é outro – completou o auxiliar técnico, Cléber Xavier, ao lado de Tite, na entrevista.

Técnico Tite em entrevista coletiva após a goleada do Brasil sobre o Paraguai — Foto: Reprodução

Técnico Tite em entrevista coletiva após a goleada do Brasil sobre o Paraguai — Foto: Reprodução

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp