Campo Grande, 13 de julho de 2024

Dembélé e Griezmann se desculpam por vídeo vazado e negam supostas ofensas racistas

Ousmane Dembélé e Griezmann, atacantes da França na última Eurocopa, pediram desculpas por um vídeo antigo em que pareciam ironizar funcionários do hotel no Japão, mas negam que os comentários tenham sido racistas. O vídeo que foi gravado por Dembélé durante a pré-temporada 2019/20 do Barcelona no Japão, vazou nas redes sociais e mostrava os dois jogadores rindo de um grupo de funcionários do hotel que estavam trabalhando para consertar uma televisão.

A filmagem antiga (veja mais abaixo) foi criticada nas redes sociais, e os atacantes franceses divulgaram declarações na segunda-feira para se desculpar por seu comportamento.

– Tudo aconteceu no Japão. Poderia ter acontecido em qualquer lugar do planeta e eu teria usado a mesma expressão. Eu, portanto, não tinha como alvo nenhuma comunidade. Acontece que usei esse tipo de expressão com meus amigos, independentemente de suas origens. Este vídeo já se tornou público. Peço desculpas, portanto, já que possa ter prejudicado as pessoas presentes nessas imagens. Por isso, gostaria de pedir desculpas sinceras a eles – disse Dembélé em uma publicação nas suas redes sociais.

 

Griezmann escreveu uma declaração em seu Twitter se defendendo das acusações feitas nas redes sociais

– Nos últimos dias, certas pessoas quiseram me mostrar como alguém que não sou. Rejeito com firmeza as acusações feitas contra mim e lamento ter ofendido algum de meus amigos japoneses

Ambos estiveram recentemente juntos na disputa da Eurocopa 2020, onde a França foi eliminada para a Suíça nas oitavas de final em uma disputa de pênaltis. Dembélé saiu da competição precocemente após uma lesão.

Eurocopa

Griezmann Dembélé Bósnia x França — Foto: Divulgação/FFF

Griezmann Dembélé Bósnia x França — Foto: Divulgação/FFF

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp