Campo Grande, 10 de dezembro de 2023

Governo do Estado inaugura em Brasilândia a 28ª Sala Lilás destinada ao acolhimento de vitimas de violência

Será inaugurada nesta quinta-feira (27), em Brasilândia, a 28ª Sala Lilás de Mato Grosso do Sul, que irá funcionar na Delegacia de Polícia Civil do município. Já é a segunda unidade de atendimento especializado para vítimas de violência que o Governo do Estado, por meio da Polícia Civil, inaugura nesta semana.

Na quarta-feira (26) foi a vez de São Gabriel do Oeste, que ganhou mais um local de acolhimento para mulheres, criança e adolescentes.

A Sala Lilás é dedicada exclusivamente para atender mulheres, adolescentes e crianças, vítimas de violência doméstica ou sexual ou em situação de vulnerabilidade.

Este é um grande passo na luta contra a violência doméstica e abuso infantil, pois oferece um ambiente acolhedor e seguro para aqueles que mais precisam de ajuda. Além disso, a sala é equipada com recursos tecnológicos e materiais que garantem a privacidade e o sigilo das informações compartilhadas.

A primeira Sala Lilás de Mato Grosso do Sul foi inaugurada na cidade de Sidrolândia, o primeiro município a ter um espaço destinado às vítimas de violência física e sexual.

Além das unidades inauguradas nesta semana – São Gabriel do Oeste e Brasilândia-, a Sala Lilás já está funcionamento nas cidades de Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Água Clara, Amambai, Caarapó, Bonito, Terenos, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Deodápolis, Glória de Dourados, Costa Rica, Angélica, Ladário, Camapuã, Eldorado, Iguatemi, Bandeirantes, Sonora, Chapadão do Sul, Miranda, Porto Murtinho, Anaurilândia, Anastácio e Paranhos, Selviria.

Formando a rede de acolhimento e apoio, Mato Grosso do Sul também conta com a Casa da Mulher Brasileira, em funcionamento na Capital e com 12 Delegacias de Atendimento à Mulher nas Delegacias Regionais de Polícia Civil.

Luciana Brazil, Sejusp

Foto: Polícia Civil

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp