Campo Grande, 19 de julho de 2024

Comitiva da UE: embaixador indica ‘sintonia de prioridades’ entre MS e União Europeia

Política de carbono neutro, zelo ambiental, promoção da economia sustentável e criação de um ambiente de negócios propício para o desembarque de empreendimentos de investimentos que gerem riqueza e bem estar social. Essas são algumas das diretrizes do Governo de Mato Grosso do Sul elogiadas e reconhecidas como positivas pelo embaixador da União Europeia, Ignacio Ybáñez, chefe da comitiva de representantes da Europa que visita o Estado.

“Existe uma sintonia de prioridades entre União Europeia e o Governo de Mato Grosso do Sul. Existe essa prioridade com a sustentabilidade, algo que todos devemos ter no mundo inteiro. Mato Grosso do Sul é um estado com uma potencialidade econômica muito grande”, afirma Ybáñez durante entrevista ao programa Bom Dia MS, nesta sexta-feira (26).

Ontem, o embaixador ao lado de toda sua comitiva foi recepcionada pelo governador Eduardo Riedel, a primeira-dama Mônica Riedel e o vice-governador José Carlos Barbosa no receptivo do Parque do Prosa, em Campo Grande, onde conversaram sobre as potencialidades do Estado e outros temas. De lá, eles partiram para o Bioparque Pantanal.

Além de conhecer as belezas de um dos principais pontos turísticos do mundo, reconhecido pela revista Time, dos Estados Unidos, os embaixadores e demais representantes da Europa puderam conhecer vários aspectos de Mato Grosso do Sul e o trabalho feito pelo Governo do Estado em palestra ministrada pelo governador Eduardo Riedel. Dali, a comitiva seguiu para agendas culturais e de negócios, visitando a Fiems (Federeração das Indústrias).

“[O carbono neutro] é um elemento importante para nós e vimos que há um grande esforço para que esse objetivo seja alcance em Mato Grosso do Sul. É difícil chegar nesse objetivo, mas há uma vontade do Governo bem alinhada ao setor privado. É importante que o conjunto da sociedade acompanhe esses esforços”, frisa o embaixador.

Cooperação UE-MS

A fala de Ybáñez foi seguiu apontando ainda a possibilidade de que haja uma cooperação entre a União Europeia e o Estado de Mato Grosso do Sul. “Se concordamos nas prioridades, lógico que podemos reforçar essa cooperação. Pensamos que o Mato Grosso od Sul está muito bem no caminho, mostrando onde todos temos que ir juntos”.

Outro ponto tratado na entrevista pelo diplomata é a riqueza ambiental e turística do Estado, que tem o Pantanal como maior foco. “O Brasil precisa ser mais conhecido nesse ponto de vista [como um grande player turístico]. Mato Grosso do Sul em especial tem esse potencial bem claro”, diz o embaixador, sugerindo que os números do setor devem crescer mais a partir de investimentos infraestrutura e logística, além da segurança.

“Os esforços em sustentabilidade certamente são a melhor forma para ter mais turismo”, conclui o representante da União Europeia no Brasil. Além dele, a comitiva é formada por embaixadores ou cônsules, radicados no Brasil, da Bélgica, Portugal, Dinamarca, Suécia, Polônia, República Tcheca, Croácia, Lituânia, Chipre e Malta.

A agenda continua

Nesta sexta-feira, a comitiva prossegue em Campo Grande para encontro com líderes das universidades locais, na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), onde participam do evento “Parceria Estratégica UE-Brasil em prol do Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo, no âmbito do MS”, promovido pela própria universidade.

Já à tarde, os embaixadores vão até o Sebrae para conhecer o projeto Living Lab, o que é desenvolvido ali e as atividades de startups ligadas ao local. Depois, ocorre um encontro com a sociedade civil e povos indígenas na aldeia urbana Marçal de Souza, localizada ao lado do bairro Tiradentes, região leste de Campo Grande.

Em paralelo a essas agendas, os cônjuges dos líderes e representantes europeus foram para Aquidauana conhecer a Terra Indígena Limão Verde, enquanto que no sábado (27) toda a comitiva se encontra novamente para ir até o Pantanal, também na região aquidauanense.

Nyelder Rodrigues, Comunicação Governo de MS
Foto: Saul Schramm

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp