Campo Grande, 19 de julho de 2024

Valor aprovado de financiamentos do FCO supera R$ 1 bilhão no primeiro semestre de 2023

O CEIF/FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) já aprovou mais de 450 cartas-consulta pleiteando financiamentos que totalizam R$ 1.030.158.511,75, quase metade do volume global destinado ao Estado – R$ 2,2 bilhões – divididos em igual valor para as modalidades Rural e Empresarial. Nessa quarta-feira (7) os conselheiros realizaram a 10ª reunião deliberativa, sendo 6 ordinárias e 4 extraordinárias.

O CEIF/FCO é um órgão colegiado de deliberação coletiva, vinculado à Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação) e presidido pelo secretário Jaime Verruck. É composto por 10 membros, sendo 5 representantes de órgãos públicos e 5 de organizações da sociedade civil. Compete ao Conselho aprovar ou rejeitar pedidos de financiamentos de valores que superem R$ 1 milhão.

Do total já aprovado, R$ 806.137.413,82 correspondem a pedidos de financiamentos na modalidade FCO Rural que financia investimentos para compra de equipamentos agrícolas, construção ou reforma de barracões, silos, implantação de confinamentos, irrigação, correção do solo ou reforma de pastagens, entre outras atividades. Restam, portanto, menos de R$ 300 milhões nessa rubrica para serem contratados.

Dentro do valor total do FCO Rural foram reservados montantes para serem investidos na compra de máquinas e equipamentos agrícolas (R$ 200 milhões), sendo que dessa rubrica todo o montante já foi contratado. E outros R$ 300 milhões para aplicar nas atividades de Suinocultura, Avicultura e Irrigação (R$ 300 milhões), consideradas prioridades nesse ano, que já teve mais de R$ 250 milhões aprovados.

Quanto ao FCO Empresarial, o valor total de financiamentos aprovados até a reunião dessa quarta-feira é de R$ 224.021.097,93, restando um saldo superior a R$ 800 à disposição de investidores. Os juros dessa modalidade de financiamento são atrativos, destacou o secretário Jaime Verruck, girando em torno de 10% ao ano, o que representa uma ótima oportunidade para os empresários investirem em melhorias em seus negócios.

Reunião

Na reunião dessa quarta-feira (7) foram aprovadas pelos membros do CEIF/FCO mais 51 cartas-consulta, sendo 37 pleiteando financiamentos para o FCO Rural no valor total de R$ 111.529.499,60 e 14 para o FCO Empresarial, que somam R$ 20.125.054,52. Por atividade econômica, os maiores valores foram para a Suinocultura (R$ 36,6 milhões), reforma de pastagens (R$ 16,8 milhões), correção do solo (R$ 14,6 milhões) e irrigação R$ 11,9 milhões), na modalidade FCO Rural.

João Prestes, Semadesc

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp