Campo Grande, 23 de maio de 2022

Corpos de vítimas do coronavírus são empilhados em quartos de hospital nos EUA

Imagens de corpos empilhados em uma sala vazia, de vítimas do novo coronavírus, e outros em unidades de refrigeração no estacionamento do Hospital Sinai-Grace, em Detroit, nos Estados Unidos, vieram à tona nesta terça-feira. As fotos dos mortos por Covid-19 foram compartilhadas entre a equipe de emergência e divulgadas pelo canal americano “CNN” após um dos funcionários ter entregue à emissora.

Dois outros funcionários da emergência confirmam que as fotos são um retrato preciso da cena que ocorreu no hospital no início de abril, durante um turno de 12 horas que eles descrevem como avassalador. Os funcionários falaram à “CNN” sob a condição de anonimato por preocupação com seus empregos.

Segundo eles, um quarto, normalmente usado para estudos sobre hábitos de sono, foi usado para armazenar corpos porque a equipe do necrotério não trabalhava à noite e o necrotério estava cheio.

“Tudo o que sei é que ficamos sem camas para manter nossos pacientes, para que não pudéssemos poupar nenhum dos corpos”, disse um dos profissionais, que testemunhou os corpos na sala.

Vovó cervejeiraCoronavírus: Idosa de 93 anos viraliza ao pedir que vizinhos comprem cerveja

Em uma das fotos, sacos de corpos são mostrados sobrepostos dentro de uma unidade refrigerada do hospital, e sacolas azuis contêm os objetos pessoais dos falecidos.

“Os corpos estão definitivamente empilhados duas vezes no chão. Não há elevador para ajudar a colocar os corpos na prateleira”, disse um funcionário da emergência que testemunhou cenas semelhantes de corpos.

Teorias sobre o coronavírusPara um terço dos americanos coronavírus foi criado em laboratório, diz pesquisa

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove − doze =