Campo Grande, 13 de julho de 2024

Petr Yan acerta joelhada ilegal, e Aljamain Sterling conquista o cinturão dos galos no UFC 259

Na primeira disputa de cinturão do UFC 259, realizado na madrugada deste sábado para domingo, em Las Vegas (EUA), o final foi com anticlímax. Petr Yan era superior na luta contra Aljamain Sterling pelo título do peso-galo (até 61kg), mas, no quarto round, acertou uma joelhada ilegal no americano e perdeu o posto de campeão ao ser desqualificado aos 4m29s. O desafiante não conseguiu retornar para o confronto e teve a vitória declarada.

Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4 — Foto: Getty Images

Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4 — Foto: Getty Images

Sterling partiu para cima em ritmo acelerado assim que o árbitro decretou o início da luta. Sem dar muito espaço para os ataques do russo, o desafiante impressionou pelo volume de golpes nos primeiros dois minutos. Após balançar o campeão com uma joelhada voadora, o americano conseguiu uma queda, mas Yan ficou de pé pouco depois. E o russo mostrou que estava vivo na luta ao conectar um direto de direita e levar o rival a knockdown. Sterling ficou de pé e foi ao chão de novo na sequência ao receber um chute baixo. O round seguiu movimentado até o fim e ainda houve tempo para cada um conseguir uma queda.

Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4 — Foto: Getty Images

Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4 — Foto: Getty Images

Sterling voltou para o segundo round buscando a queda desde o início, mas o campeão resistiu aos ataques. O americano não parava de pressionar. Mesmo nos momentos que Yan se desvencilhava, o desafiante rapidamente jogava sequências de socos para encurtar e ir para a luta agarrada. No fim do round, Yan conseguiu escapar e conseguiu uma queda.

No terceiro assalto, Yan conseguiu manter a luta na trocação por mais tempo, impedindo a aproximação do desafiante. Em vantagem em pé, o russo ainda conseguiu uma queda, mas não quis ir para o solo. O ritmo de Sterling diminuiu consideravelmente neste round, e o campeão passou a dominar as ações.

Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4 — Foto: Getty Images

Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4 — Foto: Getty Images

A estratégia de Sterling de tentar colocar para baixo se manteve, mas era Yan quem aplicava as quedas, apesar de evitar entrar na guarda do rival e manter o confronto em pé. O desafiante voltou a acelerar o ritmo nos golpes, mas o russo era mais preciso nas investidas. Até que Sterling tentou uma queda e, quando estava em três apoios, recebeu uma joelhada ilegal de Yan e não conseguiu voltar para a luta.

UFC 259
6 de março de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL:


Jan Blachowicz venceu Israel Adesanya por decisão unânime (49-46, 49-45 e 49-45)
Amanda Nunes venceu Megan Anderson por finalização aos 2m03s do R1
Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4
Islam Makhachev venceu Drew Dober por finalização a 1m37s do R3
Aleksandar Rakic venceu Thiago Marreta por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
CARD PRELIMINAR:
Dominick Cruz venceu Casey Kenney por decisão dividida (28-29, 29-28 e 30-27)
Kyler Phillips venceu Song Yadong por decisão unânime (triplo 30-27)
Askar Askarov venceu Joseph Benavidez por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-26)
Kai Kara-France venceu Rogério Bontorin por nocaute técnico aos 4m55s do R1
Tim Elliott venceu Jordan Espinosa por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-25)
Kennedy Nzechukwu venceu Carlos Ulberg por nocaute técnico aos 3m19s do R2
Sean Brady venceu Jake Matthews por finalização aos 3m28s do R3
Amanda Lemos venceu Livinha Souza por nocaute técnico aos 3m39s do R1
Uros Medic venceu Aalon Cruz por nocaute técnico a 1m40s do R1
Trevin Jones venceu Mario Bautista por nocaute técnico aos 47s do R2

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp